O projeto de lei (PLS) 392/2016, que está em tramitação no Senado, pode permitir que os trabalhadores que pedirem demissão saquem todo seu saldo do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). Atualmente, apenas os funcionários que forem demitidos sem justa causa podem retirar o valor integral do Fundo. Caso o projeto seja aprovado,