A delegação do Boca Juniors continua detida em frente a uma delegacia em Belo Horizonte, sem previsão de liberação, após a briga de ontem depois do apito final na partida contra o Atlético-MG, válida pelas oitavas de final da Libertadores. 11 vítimas foram ouvidas durante a madrugada e, na manhã de hoje, começaram a ser