Saúde: Microrregião do Agreste Potiguar: População precisa ficar alerta contra o Aedes aegypti

Foto Agência Brasil

A população de Nova Cruz, Santo Antônio, Brejinho, Passa e Fica, Riachuelo, Serrinha, Santa Maria, São Paulo do Potengi e dos outros 14 municípios da microrregião do Agreste Potiguar (RN) precisa ficar alerta contra o mosquito transmissor da dengue, da chikungunya e da Zika. É que as oito cidades têm registrado, nos últimos anos, índices altos de infestação predial, de acordo com a série histórica do Levantamento Rápido de Índices para o Aedes aegypti, o LIRAa.

O levantamento permite, por amostragem, saber a quantidade de imóveis que abrigam recipientes com larvas do mosquito.

Além disso, o Estado do Rio Grande do Norte registrou, entre janeiro e dezembro de 2022 (SE49), 41.840 casos prováveis de dengue, segundo informações do mais recente boletim epidemiológico do Ministério da Saúde. Ainda, de acordo com o documento, no período, foram 14.004 casos prováveis de chikungunya e 3.843 casos prováveis de Zika (SE46).

Leia mais
JM_Variedades_Movel
CX_Radio_Movel
Pagode_&_Compania_Entre
Pizzaria_Hamburgueria_AguasMare
Show da Manha
Guedes-Motos
Copiadora-Miranda_Banner_B
Ediuny_Oliveira_Live
Radio_Box_Fixo
RadiosNet_Fixo
App
Anuncie Aqui
AlphaColor_Lateral
Casa Durval Paiva_Fixo
Drogaria Betesta
JM-VARIEDADES
MiniprecoFixo
Cartão
MercadinhoDeusProvera
Almoçando com Musicas
DN_Servicos_Fixo_2
CX_Radios_Fixo
Eduardo-Auto-Pecas
OpticaEmporio
Pagode & Cia_Lateral
HSHOT_500
Radios_Online_Fixo