Politica: Na TV, Lula chama prisão de “armação”, e Bolsonaro diz que petista “não foi inocentado”

Foto editada

A propaganda de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) no horário eleitoral na TV neste sábado (17) tratou a prisão do candidato como “uma grande armação política”. Jair Bolsonaro (PL) usou todo o seu tempo para criticar o petista, citando as denúncias de corrupção no governo do ex-presidente e afirmando que ele não foi inocentado.

“A prisão do Lula foi uma grande armação política para tirá-lo da eleição de 2018. O cara liderava as pesquisas quando foi preso sem crime e sem prova”, disse o narrador da propaganda de Lula.

A propaganda de Bolsonaro foi inteiramente voltada a criticar Lula. Foram exibidas fotos de notícias e reportagens sobre as denúncias de corrupção feitas ao petista e sobre a sua prisão em 2018. Uma deles dizia: “Existem provas de que Lula cometeu os crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro”.

Foi exibido um trecho da delação do ex-ministro Antonio Palocci: “O doutor Emílio Odebrecht fez uma espécie de pacto de sangue com o presidente Lula e levou um pacote de propinas ao presidente Lula: R$ 300 milhões”.

Foi, ainda, exibido um trecho do debate da Band em que Lula afirma ter sido inocentado: “Eu fui julgado, fui considerado inocente”. Em seguida, o narrador disse “Não, não foi. A pior e maior mentira desta eleição é dizer que Lula foi inocentado”.

CNN Brasil

SuperMercado_Cavalcante_Movel
Ediuny_Oliveira_Movel
Optica_Emporio
MercadinhoDeusProvera
Radios_Online_Fixo
DN_Servicos_Fixo_2
OpticaEmporio
CX_Radios_Fixo
App
Guedes-Motos
Banner 87
RadiosNet_Fixo
Drogaria Betesta
Eduardo-Auto-Pecas
Anuncie Aqui
Ediuny_Oliveira_Live
Cartão
MiniprecoFixo
HSHOT_500
Copiadora-Miranda_Banner_B
Radio_Box_Fixo
Pizzaria_Hamburgueria_AguasMare
JM-VARIEDADES