Politica: Moraes veta investigações do Cade e do Ministério da Justiça sobre institutos de pesquisas

Foto: Fellipe Sampaio /SCO/STF

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Alexandre de Moraes, proibiu a condução das investigações dos institutos de pesquisa de opinião, por parte do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) e do Ministério da Justiça (MJ), por meio da Polícia Federal (PF).

Em despacho realizado nesta quinta-feira (13), Moraes diz que as tentativas de abertura de inquéritos força “açodadas”, e buscam “satisfazer a vontade eleitoral” do presidente Jair Bolsonaro (PL), candidato à reeleição.

Na visão do ministro, compete à Justiça Eleitoral a fiscalização destas entidades, “inclusive com a participação e possibilidade de impugnação dos envolvidos e com o exercício de poder de polícia para garantir a legitimidade eleitoral”.

“Ambas as determinações – MJ e CADE – são baseadas, unicamente, em presunções relacionadas à desconformidade dos resultados das urnas com o desempenho de candidatos retratados nas pesquisas, sem que exista menção a indicativos mínimos de formação do vínculo subjetivo entre os institutos apontados ou mesmo práticas de procedimentos ilícitos”, afirma o presidente do TSE.

Tanto o Cade quanto o Ministério da Justiça ainda não se manifestaram sobre a decisão.

CNN Brasil

AnuncieAqui_Movel
Elias_Raio_X_Movel
Drogaria_Betesda_Movel
Guedes-Motos
CX_Radio_Fixo
Radio_Box_Fixo
Drogaria Betesta
Pizzaria_Hamburgueria_AguasMare
OpticaEmporio
Anuncie Aqui
HSHOT_500
Eduardo-Auto-Pecas
App
MercadinhoDeusProvera
Ediuny_Oliveira_Live
JM-VARIEDADES
DN_Servicos_Fixo_2
RadiosNet_Fixo
CX_Radios_Fixo
Show da Manha
Radios_Online_Fixo
MiniprecoFixo
Banner 87
Copiadora-Miranda_Banner_B
Cartão