Guamare News

Politica: Ministério Público abre novo Inquérito Civil contra prefeito de Janduís, Salomão Gurgel

Mais um Inquérito Civil Público, foi aberto pela Promotora de Justiça Patrícia Antunes Martins da Comarca de Campo Grande (RN), contra o Prefeito de Janduís (RN), Salomão Gurgel, com o objetivo de investigar a contratação de vários profissionais de forma direta, sem a realização de processo seletivo simplificado pelo Município. 

A representante do Ministério Público concedeu o prazo de 10 dias para o Prefeito encaminhar a lista com os nomes dos servidores contratados pela gestão municipal. 

O Promotor de Justiça Paulo Carvalho Ribeiro da Comarca de Campo Grande (RN), determinou a abertura de Inquérito Civil Público, contra o Prefeito Salomão Gurgel da cidade de Janduís (RN), com a finalidade de apurar irregularidade na Dispensa de Licitação nº 11/2022, que determinou o pagamento de indenização, beneficiando a Empresa Local DUARTE FRIOS – CNPJ 38.381.789/0001-86, que tem como sócio a pessoa de João Batista Duarte Neto, na prestação de serviços de transporte escolar no período de 04/10 a 17/12/2021, no valor de R$ 169.759,68. 

O representante do Ministério Público requereu a 14ª DIRED, em Umarizal (RN), e a Secretaria Municipal de Educação de Janduís (RN), concedendo o prazo de 20 dias, informar a data do retorno das aulas presenciais nas Escolas das Redes Estadual e Municipal, referente ao ano letivo de 2021. 

No dia 10 de fevereiro de 2022, o blogue do Xerife publicou uma matéria denunciado a fraude cometida pelo Prefeito Salomão Gurgel, que autorizou o pagamento de serviços de transporte de estudantes que não foram executados, no período em que as Escolas estavam fechadas por causa da pandemia do COVID-19, além de citar no ato publicado no Diário Oficial da FEMURN, que seria uma indenização, em razão dos ônibus contratados junto a empresa Duarte Frios, terem sofridas avarias mecânica. 

 Xerife

Comente!!! Participe de nosso blog!!!