Politica: Debate de candidatos ao governo é marcado por críticas a Fátima Bezerra

Foto: Alex Régis

Quatro candidatos ao governo do Estado se encontraram ontem (5) no debate promovido pelo Sistema Tribuna de Comunicação. Na ocasião, responderam questionamentos entre si, feitos por jornalistas e por entidades empresariais sobre temas variados, com destaque para o desenvolvimento econômico do Estado. A ausência da governadora Fátima Bezerra (PT), candidata à reeleição, fez os candidatos Clorisa Linhares (PM), Daniel Morais (PSOL), Fábio Dantas (SD) e Styvenson Valentim (Podemos), enfatizarem as críticas à sua gestão.

Com a ideia de fazer um debate propositivo, com a apresentação de ideias e dos caminhos para levar o estado ao desenvolvimento, dentro dos planos de governo de cada um, os candidatos destacaram a necessidade de enxugar a máquina pública, reduzindo os custos com pessoal. “Quando você vai tratar de investimento, é preciso entender o que é que precisa ser feito. Primeiro diminuir custos e melhorar a parte de receitas”, disse a candidata Clorisa Linhares, prometendo uma auditoria nas contas e contratos do Governo, caso seja eleita.

Nessa linha, oferecer crédito, desburocratizar os processos de licenciamento e garantir segurança jurídica foram propostas defendidas pelos candidatos.

Os candidatos também defenderam concessões públicas e parcerias público-privadas (PPA), porém, na visão do candidato Daniel Morais é preciso garantir a contrapartida dessas concessões. “O governo do estado abre as portas pra alguns e algumas que oferecem muito pouco em troca do que recebem. Então o que nós defendemos é que todas essas concessões, todas essas relações de parcerias públicos-privadas precisam ter regras muito claras”, disse ele.

“Concessões público-privada não é crime, pelo contrário, fomentar não só o turismo mas a construção civil, com tantos ativos ociosos que esse estado tem, valiosíssimos no mercado imobiliário. Não é apenas dar o patrimônio público pra essa concessão, é cobrar da iniciativa privada, é uma devolução pra que eles possam reinvestir”, sugeriu Styvenson Valentim.

O candidato Fábio Dantas voltou a propor uma lei pela liberdade econômica. “Um dos itens são as concessões de serviços públicos sejam elas na agricultura, para beneficiarmos e criarmos corredores para os perímetros irrigados, seja para concessões de todos os bens públicos que não devem ser constituídos da administração do poder público especialmente áreas como o centro de convenções, Forte do Reis Magos, o Cajueiro de de Pirangi”, disse.

Em vários momentos os participantes fizeram referência à ausência da governadora criticando a sua gestão. “Hoje estamos com 1.343 dias de governo Fátima, faltam 117 dias para a gente se vê livre dessa cidadã como governadora do estado. Quem governa não pode dizer o que vai fazer, mas apresentar o que fez, mas nem isso a governadora faz”, disse Fábio Dantas, que mencionou, ao questionar Clorisa Linhares, o relatório da CPI da Covid, da Assembleia Legislativa do Estado, que pediu o indiciamento de Fátima Bezerra, secretários e auxiliares, por má gestão em contratos da pandemia da covid-19.

Tribuna do Norte

SuperMercado-Cavalcante
Mercadinho Deus Proverá
Pizzaria_Hamburgueria_AguasMare
MercadinhoDeusProvera
Pizzaria_Hamburgueria_AguasMare
App
CX_Radios_Fixo
OpticaEmporio
Banner 87
RadiosNet_Fixo
HSHOT_500
Copiadora-Miranda_Banner_B
Guedes-Motos
MiniprecoFixo
Cartão
DN_Servicos_Fixo_2
Radio_Box_Fixo
Drogaria Betesta
Radios_Online_Fixo
JM-VARIEDADES
Anuncie Aqui
Eduardo-Auto-Pecas
Ediuny_Oliveira_Live