Policia Federal: Identificado vândalo que destruiu relógio do século 17 no Palácio do Planalto

Foto reprodução

A Polícia Federal identificou homem que quebrou, no Palácio do Planalto, o relógio Balthazar Martinot, obra de arte do século 17 que chegou ao Brasil pelas mãos de dom João 6º em 1808.

Segundo informações obtidas pela CNN, o responsável pela depredação se chama Cláudio Emanoel da Silva Gomes, de Catalão, cidade do interior de Goiás.

O vândalo foi filmado depredando o relógio pelo sistema de câmeras internas do Palácio do Planalto. O objeto histórico foi um presente da corte francesa ao então imperador do Brasil e Portugal.

O homem ainda não foi detido. Segundo apurou a CNN, o vândalo também retirou os ponteiros do relógio e uma estátua de Netuno, que era fixada no objeto histórico.

Em uma tentativa de recuperação da obra de arte, a embaixada da Suíça no Brasil tem negociado com a Presidência da República a possibilidade de uma relojoaria do país europeu, especializada em objetos históricos, fazer o trabalho de restauro.

Na Presidência da República, no entanto, há dúvidas se, devido ao estrago, será possível recuperar o relógio. Pela antiguidade, ele já não funcionava regularmente.

CNN Brasil

Almoçando com Musicas_Movel
Elias_Raio_X_Movel
Ediuny_Oliveira_Movel
OpticaEmporio
App
Radios_Online_Fixo
Copiadora-Miranda_Banner_B
CX_Radios_Fixo
Pizzaria_Hamburgueria_AguasMare
MiniprecoFixo
Ediuny_Oliveira_Live
Anuncie Aqui
RadiosNet_Fixo
Eduardo-Auto-Pecas
Drogaria Betesta
AlphaColor_Lateral
JM-VARIEDADES
Almoçando com Musicas
Cartão
HSHOT_500
MercadinhoDeusProvera
DN_Servicos_Fixo_2
Pagode & Cia_Lateral
Guedes-Motos
Casa Durval Paiva_Fixo
Radio_Box_Fixo
Show da Manha