Guamare News

SAMU: Sem macas, 11 ambulâncias do SAMUNatal ficam paradas no Walfredo

O Hospital Monsenhor Walfredo Gurgel (HMWG) voltou a sofrer as conseqüências da falta de leitos e letargia do atendimento no sistema público de saúde. Na manhã de hoje (15), pelo menos 11 ambulâncias do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) estavam paradas em frente ao pronto-socorro da unidade. O motivo do problema, mais uma vez, é a retenção de macas nos corredores do hospital.

De acordo com informações da direção do HMWG, o problema se repete porque há uma grande quantidade de pacientes aguardando transferência para outras unidades. O problema é mais perceptível no setor de ortopedia. Hoje, 92 pacientes aguardam, no Walfredo, transferência para realizar cirurgia em outro hospital. Mais 99 pacientes com problemas ortopédicos aguardam cirurgia em casa. Ou seja, são 191 pacientes apenas do setor de ortopedia na fila de espera.

A direção informa ainda que não há problemas com relação ao pagamento de médicos ou repasse para os hospitais conveniados. Ocorre que a quantidade de pacientes aguardando liberação é grande e o fluxo de saída é considerado aquém do necessário. Nos últimos três dias, apenas 15 pacientes foram enviados para o Hospital Memorial para se submeterem aos procedimentos cirúrgicos. De acordo com condutores e técnicos de enfermagem do Samu Natal e Samu Metropolitano, há ambulâncias que estão paradas desde ontem (14), sem perspectiva de retorno às atividades.

Publicidade

Comente!!! Participe de nosso blog!!!