Acidente: Morre criança que ficou 18h presa em buraco de 8 metros de profundidade em MG

Foto reprodução

Pedro Augusto Ferreira Alves, de 8 anos, não resistiu e morreu após cair em um buraco de 8 metros, onde ficou preso por 18 horas, em Carmo do Paranaíba. O óbito foi confirmado pela Prefeitura do município na manhã desta segunda-feira (22).

Depois de ser retirado do buraco pelo Corpo de Bombeiros, em um resgate que durou mais de 16 horas, Pedro foi levado para atendimento hospitalar.

Os socorristas tentaram reanimá-lo, mas ele não resistiu e morreu. Ainda não há a confirmação se o óbito foi a caminho do hospital ou já na unidade de saúde.

O acidente

Segundo o Corpo de Bombeiros, no local do acidente há uma obra, onde a criança costuma brincar. A suspeita é que o terreno não estava cercado ou sinalizado. O trabalho de resgate foi iniciado por volta das 17h e era classificado pelos bombeiros como “meticuloso”, pois havia risco de desabamento de terra, já que é uma área de aterro e, por isso, há maior instabilidade do solo.

A mãe de Pedro, Paloma Barbosa, acompanhou o resgate.

g1

Copiadora_Miranda_Movel
Foto: Marcos Serra Lima/g1

A entrevista que Jair Bolsonaro concedeu a William Bonner e Renata Vasconcellos, âncoras do “Jornal Nacional”, registrou 32,4 pontos de média e picos de 36,3 em São Paulo.

O pico da entrevista, que deve chegar a 37 pontos no consolidado, foi obtido às 21h12. O “Jornal Nacional” entrou no ar com 27 pontos. Isso significa que dois milhões de espectadores que estavam com o televisor desligado — ou sintonizado em outra rede — passaram a acompanhar a Globo.

Um ponto de audiência, nessa pesquisa, corresponde a 205.755 telespectadores.

Os números colhidos na pesquisa preliminar da Kantar são bem diferentes dos registrados pelo noticioso na segunda-feira anterior: 26,6 pontos de média e 29,9 de pico. SBT e Record ficaram bem atrás da Globo, com índices na faixa dos 6 pontos ––a rigor, a vice-liderança na faixa do noticioso pertence, e não é de hoje, às plataformas de streaming.

Audiência maior que jogo de Corinthians e Flamengo

Segundo a coluna da jornalista Mônica Bergamo, na Folha de S. Paulo, a entrevista do presidente Jair Bolsonaro (PL) no Jornal Nacional, da TV Globo, alcançou nesta segunda (22) uma audiência maior do que a do clássico entre Corinthians e Flamengo, exibido no SBT no dia 3 de agosto. Os dados preliminares são do Instituto Kantar Ibope Media.

O jogo chegou a 21,7 pontos na Grande São Paulo (cada ponto equivale a 205.755 telespectadores).

A conversa do mandatário com os jornalistas William Bonner e Renata Vasconcellos já partiu com uma audiência era de 25,4 pontos.

Saltou em seguida para 29,8 pontos, passou a 30,8, e atingiu o pico de 34,2 pontos no fim do programa. Do total de aparelhos ligados, 49,5% estavam sintonizados na Globo.

O Antagonista\Mônica Bergamo\Folha de S. Paulo

WebRadio_Site_Movel
Gilberto Gonçalves foi preso na casa onde mora em Rio Largo — Foto: Reprodução/TV Gazeta

O prefeito da cidade de Rio Largo no Estado de Alagoas, Gilberto Gonçalves (PP), foi preso pela Polícia Federal na manhã desta segunda-feira (22), na casa onde mora na cidade.

Ele está afastado do cargo desde o dia 11 de agosto, após ter sido alvo de mandados de busca e apreensão por suspeitas de desvios de verbas públicas do município. Atualmente, a esposa de Gilberto, Cristina Gonçalves, que é a vice-prefeita, é quem responde pela gestão do município.

De acordo com o advogado Fábio Gomes, que responde pela defesa do prefeito, Gilberto foi alvo de um mandado de prisão preventiva porque estaria atrapalhando as investigações da Polícia Federal. Um dos documentos municipais buscados na ação não foi encontrado.

A investigação aponta que as contratações e respectivos pagamentos para aquisições de material de construção, peças e serviços para veículos realizados pelo município de Rio Largo, em favor de duas empresas, teriam ocorrido de forma irregular.

Ainda segundo a Polícia Federal, entre 2019 e 2022, foram realizados 245 saques “na boca do caixa” de contas de tais empresas, com o valor individual de R$ 49 mil, logo após terem recebido recursos de contas do município de Rio Largo, visando burlar o sistema de controle do Banco Central/COAF, que prevê a obrigatoriedade das instituições bancárias informarem automaticamente transações com valores iguais ou superiores a R$ 50 mil.

g1

RadioNet_APP
Foto divulgação

O coração de Dom Pedro I chegou ao Brasil nesta segunda-feira (22), pouco antes das 10h. Transportada pela Força Aérea Brasileira (FAB), a relíquia veio da cidade do Porto, em Portugal, e aterrissou na base aérea de Brasília em uma aeronave VC-99, do Grupo de Transporte Especial (GTE) da Força Aérea Brasileira (FAB).

Conservado em formol há 187 anos, o coração do imperador deixa Portugal pela primeira vez e foi trazido ao país em comemoração aos 200 anos da Independência do Brasil, em 7 de setembro.

Na terça (23), haverá uma cerimônia no Palácio do Planalto, com a presença do presidente Jair Bolsonaro (PL). Segundo o Ministério das Relações Exteriores, a partir da data, o órgão fica exposto “dentro de um vidro” , no Palácio do Itamaraty, até 5 de setembro.

O órgão veio em cabine de passageiros, junto com três autoridades portuguesas e um representante do governo brasileiro. Na base aérea, foi recebido com honrarias, por autoridades como o embaixador de Portugal no Brasil, Luiz Felipe Melo, e os ministros Paulo Sérgio Nogueira, da Defesa, e Marcelo Queiroga, da Saúde.

Por volta das 10h30, o coração foi levado ao Palácio do Itamaraty, em operação “silenciosa”.

“É com satisfação que nos reunimos como parte das comemorações para receber essa relíquia que mostra a força de nosso primeiro imperador”, disse na cerimônia o ministro Paulo Sérgio Nogueira.

Já o retorno a Portugal está marcado para 8 de setembro. A Polícia Federal e as Forças Armadas devem fazer a segurança da relíquia neste período.

g1

WebRadio_Site_Movel
Foto reprodução

Durante o final de semana a água do rio Barra Nova, no município de Caicó, apresentou uma cor vermelha. O fato chamou a atenção de moradores e temor de um problema ambiental. A situação, flagrada no sábado (20), foi registrada pela população e compartilhada nas redes sociais.

Em nota, o Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente do Rio Grande do Norte (Idema) afirmou que tomou conhecido do caso e que fiscais ambientais realizaram uma vistoria para apurar as condições do local.

No entanto, as causas do problema só serão identificadas após estudos. “As causas só poderão ser apontadas após análise da água, realizada pelo Instituto de Gestão das Águas do RN (Igarn) em parceria com a Companhia de Águas e Esgotos do RN (Caern)”, informou.

O diretor-geral do Idema, Leon Aguiar, destacou que o órgão fará um levantamento das indústrias próximas ao rio para verificar o licenciamento ambiental e seguir com as investigações.

“Nosso plantão Alô Idema foi acionado e conseguimos realizar a vistoria, junto ao Batalhão de Policiamento Ambiental (BPAmb). Vamos analisar os dados, faremos relatório e seguiremos com o trabalho para encontrar o responsável pelo derramamento do produto químico”, disse.

Na nota, o Idema ainda reiterou que “a fiscalização está empenhada em detectar as razões do crime ambiental no corpo hídrico, bem como tomar as medidas cabíveis aos responsáveis”.

Portal da Tropical

JM_Variedades_Movel
Foto divulgação

Policiais civis de todas as unidades federativas participam nesta segunda-feira (22) da 3ª edição da Operação Vetus, de prevenção e repressão à violência praticada contra idosos.

A operação é coordenada pelo Ministério da Justiça e Segurança pública (MJ) e conta com a ajuda de delegacias especializadas de proteção ao idoso, das secretarias de Segurança Pública; da Ouvidoria Nacional dos Direitos Humanos (ONDH) e da Secretaria Nacional de Promoção e Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa.

No Rio Grande do Norte, até a publicação desta matéria, a assessoria da instituição havia divulgado detalhes sobre a ação.

Entre as ações, que serão implementadas até esta terça-feira (23), estão as de apuração de denúncias, diligências, atendimento às vítimas, ações educativas e fiscalização em Instituições de Longa Permanência para Idosos (ILPIs); procedimentos policiais e levantamentos de inteligência, como instauração e conclusão de inquéritos, representações judiciais, levantamento de alvos e de mandados, entre outros.

Segundo o ministério, estão sendo cumpridos mandados de prisão e de busca e apreensão. Também há atendimentos a solicitações de medidas protetivas de urgência. O Ministério da Justiça lembra que denúncias contra esse tipo de prática podem ser feitas por meio do Disque 100 ou pelo aplicativo Direitos Humanos Brasil.

“Qualquer pessoa pode procurar delegacias especializadas na proteção ao idoso. Caso a cidade não tenha delegacia especializada, é possível procurar qualquer delegacia. Também é possível procurar os conselhos estaduais ou municipais dos Direitos da Pessoa Idosa, ou ainda, o Ministério Público mais próximo da sua residência”, informa o ministério.

Segundo a pasta, 31,2 mil idosos vítimas de violência foram atendidas nas duas edições anteriores da Operação Vetus. Também foram registradas 29,2 mil denúncias, o que resultou em 985 pessoas presas. Cerca de 9 mil policiais participaram das operações em 2020 e 2021.

Cartilha

De acordo com a Cartilha de combate à violência contra a pessoa idosa, de 2020, publicada pelo Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH), a violência contra os idosos pode ocorrer de “forma visível”, resultando em mortes ou lesões; ou “invisível”, quando, apesar de não machucar o corpo, “provoca sofrimento, desesperança, depressão e medo”.

A violência pode ser classificada como física, psicológica, negligência, institucional, abuso financeiro, patrimonial, sexual e discriminação:

Violência física – na maioria das vezes ocorre dentro da casa do idoso (a) e é provocada por pessoas próximas, como filhos, cônjuge, netos, cuidadores, dentre outras. Em geral, são agressões, tapas, pontapés, beliscões e empurrões.

Violência psicológica – se constitui de agressões verbais, menosprezo, desprezo ou qualquer ação que traga sofrimento emocional, como humilhação, afastamento do convívio familiar ou restrição à liberdade de expressão.

Negligência – recusa ou omissão de cuidados. Se manifesta com frequência tanto no seio familiar como em instituições que prestam serviços de cuidados e acolhimento a pessoas idosas.

Violência institucional – qualquer tipo de violência exercida dentro do ambiente institucional (público ou privado). As instituições podem cometer esse tipo de negligência por meio de ações desatenciosas ou omissivas por parte de funcionários.

Abuso financeiro – exploração ilegal ou uso não consentido pela pessoa idosa de seus recursos financeiros. Normalmente, o violador se apropria indevidamente do dinheiro, cartões bancários e utiliza os valores com finalidades que não sejam a promoção do cuidado.

Violência patrimonial – qualquer prática ilícita que comprometa o patrimônio do idoso, como forçá-lo a assinar um documento sem lhe ser explicado para que fins é destinado, alterações em seu testamento, fazer uma procuração ou ultrapassar os poderes de mandato, antecipação de herança ou venda de bens móveis e imóveis sem o consentimento espontâneo do idoso, falsificação de assinatura, etc.

Violência sexual – ato sexual utilizando pessoas idosas, que visa obter excitação, relação sexual ou práticas eróticas, através de coação com violência física ou ameaças.

Discriminação – comportamentos discriminatórios, ofensivos, desrespeitosos em relação à condição física característica de uma pessoa idosa, desvalorizando e inferiorizando-a simplesmente por sua condição.

Portal da Tropical

Almoçando com Musicas_Movel
Foto divulgação

Mais um rolezinho de motocicletas deu errado. Na tarde desse domingo (21), a Polícia Militar, com equipes do 9º Batalhão e do Esquadrão Águia, apreendeu 10 veículos no bairro do Guarapes, na zona Oeste de Natal.

Segundo a PM, os militares foram ao local após uma denúncia indicar que várias pessoas estavam realizando manobras perigosas em motocicletas.

Na chegada, os policiais montaram o cerco e, aproximadamente, 50 motos tentaram se evadir. Ao todo, 10 veículos foram apreendidos e conduzidos ao pátio do Departamento Estadual de Trânsito (Detran-RN) para serem realizadas as devidas providências.

Portal da Tropical

RadioNet_APP
Foto divulgação

O ex-prefeito Carlos Eduardo Alves (PDT) tinha como apoios certos em Mossoró o grupo da ex-deputada federal Sandra Rosado (UB) e o da vereadora Carmem Júlia (MDB), segunda mais votada em Mossoró nas eleições de 2020.

No entanto, os dois grupos escolheram ficar com a postulação do deputado federal Rafael Motta (PSB). As parcerias foram formalizadas no final de semana.

“Estamos recebendo em nosso escritório de campanha e anunciando o nosso apoio a Rafael Motta que será o senador do nosso estado”, disse a vereadora Larissa Rosado (UB), que tenta retornar a Assembleia Legislativa. “Vamos fazer de Mossoró uma trincheira de luta para Rafael, o novo senador do Rio Grande do Norte”, completou Sandra.

Carmem Júlia e a mãe dela, a ex-vereadora Izabel Montenegro (MDB), já tinham confirmado o apoio e tiraram a foto oficial com Rafael no final de semana.

Os dois agrupamentos estão fechados com a governadora Fátima Bezerra (PT), que disputa a reeleição.

Blog do Barreto

Eduardo_Auto_Pecas_Movel
CX_Radios_Fixo
MercadinhoDeusProvera
App
Eduardo-Auto-Pecas
LBV_Lateral
JM-VARIEDADES
Almoçando com Musicas
Ediuny_Oliveira_Live
Show da Manha
Drogaria Betesta
EliasRaioX
Guedes-Motos
Radio_Box_Fixo
RadiosNet_Fixo
Anuncie Aqui
SindSerg_Lateral
Copiadora-Miranda_Banner_B
Pizzaria_Hamburgueria_AguasMare
HSHOT_500
Radios_Online_Fixo
Pagode & Cia_Lateral
Casa Durval Paiva_Fixo

Mais visualizados

Links que indico