Costa Branca: Polícia Militar de Guamaré prende dois suspeitos e apreende drogas e munições em Barreiras, Macau.

Créditos da foto: Acervo/Policia Militar/Montagem

A 1ª CIPM, através do 3° Pelotão de Polícia Militar de Guamaré, prendeu na tarde dessa terça-feira (14/05) dois suspeitos tráficos de drogas e apreendeu vasta quantidade de entorpecentes e munições no Distrito de Barreiras, município de Macau.

A ação se deu após os Policiais Militares visualizarem durante patrulhamento um homem em atitude suspeita. Ao proceder a abordagem foi encontrado com o indivíduo uma trouxinha de uma substancia análoga a maconha. Ao ser questionado, o homem informou que teria comprado a uma pessoa que estaria ao lodo de um ginásio. Os policiais fizeram diligência ao local onde o suspeito foi localizado. Foi encontrado com ele, dentro de uma mochila escolar, os seguintes materiais:

* 01 sacola com grande quantidade de substância análoga a maconha;
* 02 porções de substância análoga à maconha;
* 14 trouxinhas de substância de cor branca, semelhante à cocaína;
* 02 porções médias de substância branca, análoga à cocaína;
* 05 pedras de substância semelhante à crack;
* 02 porções maiores de substância semelhante à crack;
* R$42,00 em dinheiro fracionado;
* Diversas embalagens para acondicionar entorpecentes;
* 09 munições de calibre 380;
* 01 munição de calibre 357;
* 01 balança de precisão;
* 02 rolos de papel filme;

O suspeito ainda confessou que estaria indo a região da maré, conhecida como Lancha, para vender a substância a um outro homem. Foi dado voz de prisão pelos crimes respectivos de Tráfico de Drogas (Art 33 Caput da Lei 11.343/2006), Consumo Pessoal de Drogas (Art 28 Caput da Lei 11.343) e Posse ou Porte Ilegal de Arma de Fogo, Acessório ou Munição de Uso Restrito (Art 16 da Lei 10.826/2003 – Estatuto do Desarmamento) (Hediondo). Os suspeitos foram conduzidos à 5ª DRPC em Macau para os procedimentos cabíveis.

📲Denúncias: 84 99936.9126

Com informações do 3° Pelotão de Polícia Militar de Guamaré

Copiadora_Miranda_Movel
Créditos da foto: Print/vídeo redes sociais

A parede de uma salina rompeu e a água invadiu residências próximas na cidade de Grossos. A informação foi divulgada por meio de vídeo repassado via redes sociais.

Nas imagens, a pessoa que gravou o vídeo alerta que as águas vão invadir as residências de uma rua próxima, numa localidade chamada “Suvaco da Cobra”.

Ele também fala que a Rua Terezinha Pereira, na entrada de Grossos, será inundada também. “Se brincar, aqui vai ter muito peixe”, diz.

Em outro vídeo, é possível ver o estrago que as águas causaram em algumas residências.

As imagens mostram que as águas invadiram as casas que estava nas proximidades.

No vídeo, uma família mostra a casa com bastante água e também como ficou a rua.

Confira nos vídeos:

Rompimento do Paradão da Salina

Água da salina já invadindo as casas de populares

Portal 98 FM

AnuncieAqui_Movel
Créditos da foto: reprodução/Corpo de Bombeiros

Na manhã desta quinta-feira (16), um pescador identificado como Jean foi encontrado morto em uma salina na cidade de Areia Branca. A vítima, que havia saído para pescar na tarde do dia anterior (15) e não havia retornado para casa, foi localizada por trabalhadores da região que acionaram a polícia militar e corpo de bombeiros.

De acordo com informações preliminares, ainda não há confirmação da causa da morte. Familiares que estiveram no local, informaram que o homem sofria de epilepsia.

O corpo será encaminhado para o ITEP, onde a causa da morte será diagnosticada.

Créditos da foto: reprodução/Corpo de Bombeiros

Facho de Grossos

GuedesMotos
Créditos da foto: divulgação

O arroz comprado pelo governo federal para fazer frente à queda da produção no Rio Grande do Sul chegará aos mercados em embalagens de 2 quilos com preço tabelado de R$ 4 por quilo. Os detalhes constam das regras do primeiro leilão de compra do cereal, que será realizado na próxima terça, 21 de maio.

Os pacotes vendidos pela Companhia Nacional de Abastecimento, a Conab, terão a inscrição em letras maiúsculas em vermelho no topo da embalagem “PRODUTO ADQUIRIDO PELO GOVERNO FEDERAL” com o logotipo da Conab.

O anúncio confirma informação dada pela analista de política da CNN Débora Bergamasco, nesta terça-feira.

Abaixo, uma imagem de uma tigela com arroz cozido e a informação: “PREÇO MÁXIMO R$ 8,00”. Os pacotes terão dois quilos de arroz branco do tipo 1 beneficiado e polido, de classe longo fino.

Na parte inferior dos pacotes de arroz, haverá quatro logotipos: Conab, Ministério do Desenvolvimento Agrário, Ministério da Agricultura e do governo federal, inclusive com o slogan “União e Reconstrução”.

Visualmente, essa parte da embalagem tem aspecto semelhante aos anúncios do governo federal, que apresentam os ministérios e órgãos envolvidos em determinada ação.

Em nota, o presidente da Conab classificou a embalagem como “especial” para a iniciativa de importação. “O arroz que vamos comprar terá uma embalagem especial do governo federal e vai constar o preço que deve ser vendido ao consumidor. O preço máximo ao consumidor será de R$ 4 o quilo”, disse o presidente da Conab, Edegar Pretto.

O arroz importado será destinado a pequenos supermercados – com até cinco caixas – nos estados de São Paulo, Bahia, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Pernambuco, Pará e Ceará, com base em indicadores de insegurança alimentar.

No primeiro leilão, serão adquiridas até 104.034 toneladas de arroz da safra 2023/2024. O valor da operação é de R$ 416,1 milhões. Após a importação, os produtos deverão ser descarregados nos portos de Santos (SP), Salvador (BA), Recife (PE) e Itaqui (MA).

CNN Brasil

Almoçando com Musicas_Movel
Créditos da Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

O ministro e presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Alexandre de Moraes, suspendeu, nesta quinta-feira (16), julgamento de recursos que podem levar à cassação do senador Sergio Moro (União Brasil-PR). A sessão será retomada na próxima terça (21).

A Corte Eleitoral julga pedidos movidos pelos PT, do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, e pelo PL, do ex-presidente Jair Bolsonaro, contra absolvição do ex-juiz da Lava Jato pelo Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE-PR) da acusação de abuso de poder econômico.

Na sessão, houve leitura da relatoria do caso por parte do ministro Floriano Marques, mas nenhum ministro votou. Foi dada a opção para que a defesa de Moro apresentasse sustentação oral, o que foi recusado para que isso ocorra em conjunto com as outras partes envolvidas.

Os partidos apelaram ao TSE contra a decisão do TRE-PR. Em abril, o tribunal regional paranaense recusou ações das legendas contra Moro alegando gastos excessivos e irregulares durante a pré-campanha das eleições de 2022. A votação foi de 5 a 2 a favor do senador.

Recaem sobre o antigo juiz da Lava Jato — operação da Polícia Federal (PF) que chegou a prender Lula — acusações de gastos abusivos no período que antecedeu a campanha vitoriosa para o Senado Federal.

Federação Brasil da Esperança e PL apontaram desequilíbrio na comparação de verbas, uma vez que o atual nome do União Brasil pretendia inicialmente concorrer à Presidência da República. As ações dos partidos considerados gastos desde 2021, quando ele era ainda filiado ao Podemos.

Na última terça (7), o Ministério Público Eleitoral recomendou ao TSE a rejeição dos recursos. Segundo parecer do vice-procurador-geral eleitoral Alexandre Espinosa, manter o resultado do TRE-PR não significa criar um precedente para incentivar gastos excessivos na pré-campanha.

“Regra” do 10%: trata-se de uma jurisprudência do TSE, na qual se formou entendimento “de que o limite para gastos de pré-campanha é de 10% do teto dos gastos para o cargo disputado (teto de gastos de campanha)”. Assim, a manifestação conclui que, “com segurança”, é permitido inferir que o percentual gasto foi abaixo do permitido.

SBT News

WebRadio_Site_Movel
Créditos da foto:PC/ASSECOM

Policiais civis da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) e da Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (DEICOR), com apoio da Polícia Federal, por meio da Força Integrada de Combate ao Crime Organizado (FICCO), deflagraram nesta quinta-feira (16) a “Operação Caronte”, que resultou nas prisões de sete pessoas envolvidas, dentre elas um policial militar, em um grupo de extermínio responsável por aproximadamente 41 homicídios, além de extorsão, tráfico de drogas e vendas de munições e armas ilegais. Ao todo, 33 mandados de busca e apreensão e cinco mandados de prisão foram cumpridos em bairros da Zona Norte de Natal e no município de Extremoz.

De acordo com as investigações da Polícia Civil, foi notado ao longo do ano de 2023 uma série de coincidências quanto aos crimes de homicídios ocorridos na cidade de Natal, especialmente na Zona Norte, e em cidades da Região Metropolitana, como São Gonçalo do Amarante, Ceará-Mirim e Extremoz. Os fatos coincidentes eram referentes à forma de execução dos crimes, veículos empregados, tipo de armamento usado e entre outras características.

Através do trabalho em conjunto com o Setor de Perícias de Balística Forense do Instituto Técnico-Científico de Perícia (ITEP/RN), as suspeitas da existência de um grupo armado suspeito da prática de homicídios na região se confirmaram, quando sistematicamente os confrontos balísticos entre os crimes investigados trouxeram resultados positivos. Ainda segundo a DHPP, foram identificados 41 homicídios em um espaço de apenas seis meses. Os crimes foram praticados com as mesmas armas de fogo e aconteceram nas cidades de Natal, São Gonçalo do Amarante e Extremoz.

Com a possibilidade da existência de um “grupo de extermínio”, foi instaurado um Inquérito Policial para apurar os crimes. Com o auxílio da FICCO/RN, foi identificada a atuação de uma milícia armada, inclusive com a participação de membros das forças de Segurança Pública. Os investigados usavam uma rede de informantes, incluindo agentes de segurança para identificar os alvos, que eram escolhidos com base no retorno financeiro ou para manter o controle de uma certa região que interessava ao grupo. Escolhido o alvo, os integrantes do grupo buscavam seus aliados nas forças de segurança para afastar as viaturas da área e realizavam a ação criminosa.

Dessa forma, os suspeitos invadiam as residências dos alvos, muitas vezes identificando-se como policiais e passavam a revistar os imóveis subtraindo os itens de valor e depois executavam as vítimas. Após os homicídios, os investigados repassavam drogas e armas para o terceiro núcleo do grupo criminoso, que ficava responsável por vender as armas e as drogas.

Foi identificado no curso do Inquérito Policial que ao menos duas das armas vendidas pelo grupo foram apreendidas durante prática de crimes de roubo e homicídios por membros de uma facção criminosa. Além dos assassinatos, o grupo também praticava extorsão, subtraindo drogas de criminosos apenas para revendê-las, mantendo o controle do tráfico de drogas na região.

Durante o cumprimento dos mandados de busca e apreensão, a Polícia Civil apreendeu um carro blindado, uma motocicleta de luxo, 20 quilos de cocaína, seis armas de fogo e diversas munições.

Operação Caronte:

Caronte, na mitologia grega, era o barqueiro de Hades, que carregava as almas dos recém-mortos sobre as águas do rio Estige e Aqueronte, que dividiam o mundo dos vivos do mundo dos mortos.

A Polícia Civil solicita que a população continue enviando informações, de forma anônima, por meio do Disque Denúncia 181.

PC/ASSECOM

Almoçando com Musicas_Movel
Créditos da foto: Reprodução/Instagram

O narrador esportivo Silvio Luiz morreu aos 89 anos de idade. A notícia foi confirmada na manhã de quinta-feira (16) pelos amigos Everaldo Marques e Márvio Lúcio, o Carioca.

“Nossa ultima foto. Descanse em paz meu ídolo, amigo, pai, companheiro de trabalho. Muito obrigado Senhor por ter colocado o @silvioluizbarbas na minha vida… Inacreditavelmente era um menino que o amava pela TV, virei amigo e colega de trabalho. Silvio te amarei pra sempre, pra sempre. Você é exemplo, quero ser como você, trabalhar e fazer o q gosta até o final. Te amo♥. Um beijo pra Marcia, Ale, Andre e Teca… “, disse Carioca.

O amigo Everaldo Marques também comentou a morte. “E num dos dias mais tristes da história do jornalismo esportivo, chega também a notícia da perda de Silvio Luiz, que com sua linguagem única marcou de maneira sem igual as transmissões esportivas na TV. Costumo dizer que ele, Galvão Bueno e Luciano do Valle formam e sempre formarão a Santíssima Trindade da narração esportiva na TV. Que dia devastador”, escreveu.

Silvio Luiz estava internado
Ele vinha passando por problemas de saúde desde o dia 7 de abril, quando se sentiu mal e foi socorrido durante a transmissão da final do Paulistão ao lado de Márvio Lúcio, o Carioca, e de Marcos Chiesa, o Bola.

QUEM

Copiadora_Miranda_Movel
Créditos da foto: Acervo/Policia Militar/Montagem

A 1ª CIPM, através do 3° Pelotão de Polícia Militar de Guamaré, prendeu na noite de Domingo (05) uma mulher suspeita de ter rompido uma tornozeleira de monitoramento eletrônico.

A ação se deu após os Policiais Militares estavam realizando patrulhamento no conjunto Umarizeiro quando informados que uma mulher teria rompido uma tornozeleira eletrônica e estaria nas proximidades. Foram iniciadas diligências e a suspeita localizada. Ela informou a Equipe que teria rompido o aparelho há aproximadamente 20 dias. O dispositivo é uma medida que permite o cumprimento de pena em liberdade. A mulher foi conduzida a 5ª DRPC em Macau para os procedimentos cabíveis.

📲 Denúncias 84 99936.9126

Com informações 3° Pelotão de Polícia Militar de Guamaré

LBV Campanhas
Sao_Joao_Monsenhor
Copiadora-Miranda_Banner_B
Eduardo-Auto-Pecas
Show da Manha
Anuncie Aqui
App
EliasRaioX
MercadinhoDeusProvera
RadiosNet_Fixo
HSHOT_500
Almoçando com Musicas
LBV_Lateral
Casa Durval Paiva_Fixo
Pizzaria_Hamburgueria_AguasMare
Ediuny_Oliveira_Live
Pagode & Cia_Lateral
SindSerg_Lateral
Drogaria Betesta
JM-VARIEDADES
CX_Radios_Fixo
Guedes-Motos
Radio_Box_Fixo
Radios_Online_Fixo

Mais visualizados

Links que indico