Operação Policial: PF prende português no interior de SP em operação contra tráfico internacional de bebês

Polícia Federal em frente à Santa Casa de Valinhos — Créditos da Foto: Polícia Federal/Divulgação

A Polícia Federal prendeu, na manhã desta segunda-feira (4), em Valinhos (SP), um português suspeito de participar de um esquema de tráfico internacional de bebês. Além do mandado de prisão preventiva, a operação cumpriu outros cinco de busca pessoal e busca e apreensão, sendo três em Itatiba (SP).

👇 Entenda, abaixo, como foi feita a investigação:

  • No dia 30 de novembro, a promotoria de Valinhos informou a Polícia Federal sobre um bebê recém-nascido que havia sido abandonado pela mãe na Santa Casa da cidade;
  • O bebê, que ainda está no hospital, foi registrado como filho de um homem com nacionalidade portuguesa;
  • Os policiais apuraram que, em menos de um mês, o mesmo homem havia registrado outra recém-nascida como filha no mesmo hospital;
  • Os registros de paternidade aconteceram por meio de documentos falsos, em juízos diferentes, e eram acompanhados de pedidos de guarda unilateral dos bebês, o que permitiria que o homem saísse do país sem a autorização da mãe.

Viagens recorrentes

Português foi preso em Valinhos e levado à Delegacia da Polícia Federal em Campinas — Créditos da Foto: Polícia Federal/Divulgação

Ainda segundo a Polícia Federal, o suspeito fez quatro viagens entre Brasil e Portugal nos anos de 2015, 2021 e 2023. No último ano, o homem fez duas viagens, sendo a segunda a mais recente.

As investigações apontam que, na última saída do Brasil, o homem levou uma recém-nascida, com menos de um mês de vida, para Portugal. Quando voltou a São Paulo, o suspeito não estava com a bebê.

Investigação internacional

Operação cumpriu mandados de busca em Itatiba (SP) — Créditos da Foto: Polícia Federal/Divulgação

Diante das suspeitas, a alta hospitalar do bebê foi adiada e a Polícia Federal iniciou uma série de diligências com o apoio do Ministério Público do Estado de São Paulo, Ministério Público Federal, Justiça Federal e equipe médica da Santa Casa.

No exterior, a Adidância da Polícia Federal em Portugal foi acionada para auxiliar nas investigações e tentar localizar a recém-nascida que já havia sido levada para a Europa.

Ainda de acordo com a Polícia Federal, os envolvidos poderão responder por tráfico internacional de crianças, registro falso, promoção de ato destinado ao envio de criança ou adolescente para o exterior com inobservância das formalidades legais ou com o fito de obter lucro, entre outros delitos. A pena pode ultrapassar 18 anos.

Portal G1

GuedesMotos
Drogaria_Betesda_Movel
JM_Variedades_Movel
Carnaval_Guamare_2024_Segunda
SindSerg_Lateral
Drogaria_Ana_Luiza_Lat
Pizzaria_Hamburgueria_AguasMare
Anuncie Aqui
MercadinhoDeusProvera
Casa Durval Paiva_Fixo
JM-VARIEDADES
Ediuny_Oliveira_Live
Guedes-Motos
Almoçando com Musicas
Carnaval_Guamare_2024_Sabado
Carnaval_Guamare_2024_Terca
Pagode & Cia_Lateral
Drogaria Betesta
HSHOT_500
EliasRaioX
CX_Radios_Fixo
Eduardo-Auto-Pecas
RadiosNet_Fixo
Radios_Online_Fixo
Carnaval_Guamare_2024
Show da Manha
App
Copiadora-Miranda_Banner_B