Mundo: Milei oferece a Elon Musk ‘a ajuda que precisar’ no embate com o STF

Créditos da foto: reprodução

O presidente da Argentina, Javier Milei, disse ao empresário Elon Musk durante um encontro dos dois nesta sexta-feira, 12, que “daria a ajuda que precisasse” na crise entre o magnata e o Supremo Tribunal Federal do Brasil (STF) por causa do banimento da rede social X (antigo Twitter). Segundo o embaixador argentino nos Estados Unidos afirmou ao jornal Clarín, o encontro dos dois foi “amor à primeira vista” e pautado por temas como o liberalismo econômico.

Publicidade

O embate entre o empresário e o STF aconteceu após o ministro Alexandre de Moraes incluí-lo no inquérito das milícias digitais por suposta obstrução de Justiça. Após a inclusão, Musk afirmou que o ministro está promovendo a “censura” no Brasil e ameaçou não mais cumprir medidas judiciais que restrinjam o acesso a perfis da rede social.

“O presidente argentino ofereceu a ele colaboração no conflito que a rede social X mantém no Brasil no âmbito do conflito judicial e político naquele país”, afirmou o governo argentino.

A reunião entre o líder argentino e o magnata aconteceu em uma fábrica da Tesla, a montadora de carros elétricos de Musk, em Austin, no Texas, e gerou rumores sobre a possibilidade da montadora ser instalada no mercado argentino. “Foi amor à primeira vista, concordaram em realizar um grande evento na Argentina para que todo o público pudesse desfrutar da troca de ideias destes dois gigantes da nossa geração”, afirmou Werthein à imprensa argentina.

Dono da montadora Tesla, da Space X, da Starlink e da rede social X, Musk está de olho na Argentina, que possui uma das maiores reservas mundiais de lítio (mineral utilizado na fabricação de baterias elétricas) e prometeu visitar o país em breve. O governo Milei mostra entusiasmo com a possibilidade do magnata investir no país através de suas empresas e, segundo a imprensa argentina, o encontro é considerado pela delegação o ponto alto da visita de Milei aos EUA.

O acesso ao lítio argentino poderia fortalecer a Tesla em um momento em que a montadora vê a concorrente BYD liderar o mercado de veículos elétricos. Musk tem buscado o mineral em diversos países latino-americanos com grandes reservas, incluindo no Brasil. O interesse é tanto que ele chegou a afirmar que em 2022 a Tesla estaria disposta a entrar na mineração e no refino do mineral para baixar os preços.

O governo argentino procura um investimento que implique na geração de empregos para a mão-de-obra nacional. Hoje, a Tesla possui duas fábricas na América Latina, localizadas no Chile e no México. Outros países, incluindo o Brasil, contam apenas com importadores. “Concordamos em trabalhar nessa linha e ver quais oportunidades podem surgir para o lítio e para processar o lítio em instâncias subsequentes, seja em baterias ou na cadeia produtiva”, explicou Werthen.

O encontro de Milei e Musk, no entanto, foi uma primeira reunião sem anúncios específicos. “É uma primeira aproximação entre dois líderes que se respeitam e se valorizam”, afirmou o governo argentino.

Os dois também conversaram e concordaram sobre a necessidade de haver “mercados livres” e “menos burocracia” para o progresso dos países. A pauta do liberalismo econômico é um ponto em comum entre os dois e os aproximou desde a vitória de Milei na eleição. Horas após o resultado, Musk afirmou que a “Argentina se prepara para a prosperidade”. Milei, por sua vez, externou a admiração pelo empresário em mais de uma ocasião.

Outros temas tratados foram a necessidade da taxa de natalidade mundial, enfatizada por Musk, o desenvolvimento tecnológico e a necessidade de estabelecer regras claras sobre negócios.

O presidente argentino e o empresário registraram o encontro desta sexta-feira com entusiasmo no X, que é propriedade de Musk. “Para um futuro emocionante e inspirador”, escreveu Musk na sua conta oficial. “Viva la libertad, carajo”, afirmou Milei por sua vez.

Antes do encontro, Milei se reuniu em Miami na noite desta quinta-feira, 13, com um grupo de banqueiros e empresários nos EUA com quem conversou sobre o futuro da Argentina. O argentino também participou de um evento na Universidade da Flórida, onde recebeu uma condecoração da comunidade judaica.

Estadão

Leia também

👉 Redes Sociais: Governo suspende novos contratos de publicidade no X, diz Secom

Drogaria_Betesda_Movel
LBV Campanhas
SindSerg_Materias
Pagode & Cia_Lateral
SindSerg_Lateral
HSHOT_500
LBV_Lateral
Copiadora-Miranda_Banner_B
MercadinhoDeusProvera
Sao_Joao_Monsenhor
JM-VARIEDADES
Ediuny_Oliveira_Live
Guedes-Motos
Anuncie Aqui
Show da Manha
Drogaria Betesta
EliasRaioX
Radio_Box_Fixo
Casa Durval Paiva_Fixo
Radios_Online_Fixo
CX_Radios_Fixo
App
Eduardo-Auto-Pecas
Almoçando com Musicas
RadiosNet_Fixo
Pizzaria_Hamburgueria_AguasMare