Luto: Morre Nélida Piñon, primeira mulher a presidir a Academia Brasileira de Letras

Foto: Wilton Junior/Estadão Conteúdo

Morreu neste sábado (17), em Lisboa, aos 85 anos, a acadêmica e escritora carioca descendente de galegos Nélida Piñon.

Autora de diversos romances, contos, crônicas e ensaios publicados em seus mais de 60 anos de carreira literária, Nélida foi, também, a primeira mulher a assumir a presidência da Academia Brasileira de Letras (ABL), posto que ocupou em 1996, ano do centenário da academia, e em 1997.

Seu falecimento foi confirmada pela Academia, que, em nota publicada nesta tarde, classificou Nélida como “uma das maiores representantes da literatura brasileira”. A causa da morte, de acordo com o comunicado, não foi confirmada.

O enterro será no mausoléu da ABL e a entidade anunciou que fará uma Sessão da Saudade em 2 de março, no Salão Nobre, em homenagem à autora.

“Nélida Piñon, em lágrimas, eu me despeço. Não tenho palavras”, escreveu, em seu perfil no Twitter, o escritor, professor e ex-presidente da ABL Marco Lucchesi.

Nélida Piñon foi eleita para a ABL em 1989 e ocupou, desde sua posse em 1990, a 30ª cadeira da instituição, herdada de Aurélio Buarque de Holanda.

CNN Brasil

Drogaria_Betesda_Movel
JM_Variedades_Movel
AnuncieAqui_Movel
Almoçando com Musicas
Eduardo-Auto-Pecas
Radio_Box_Fixo
RadiosNet_Fixo
Guedes-Motos
JM-VARIEDADES
DN_Servicos_Fixo_2
MiniprecoFixo
OpticaEmporio
Pagode & Cia_Lateral
AlphaColor_Lateral
Anuncie Aqui
MercadinhoDeusProvera
Drogaria Betesta
Casa Durval Paiva_Fixo
CX_Radios_Fixo
HSHOT_500
Pizzaria_Hamburgueria_AguasMare
Cartão
App
Copiadora-Miranda_Banner_B
Radios_Online_Fixo
Show da Manha
Ediuny_Oliveira_Live