Juridico: STF forma maioria para suspender piso salarial de R$ 4.750 dos enfermeiros

Imagem ilustrativa

Seis dos 11 ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) já votaram para manter a decisão que suspendeu o piso salarial nacional da Enfermagem. Foram favoráveis à suspensão o relator, Luís Roberto Barroso, mais os ministros Ricardo Lewandowski, Alexandre de Moraes, Dias Toffoli, Cármen Lúcia e Gilmar Mendes.

Em 4 de setembro, Barroso mandou suspender o piso e deu 60 dias para que entes públicos e privados da área da saúde esclarecessem o impacto financeiro, os riscos de demissão em massa no setor e eventual redução na qualidade dos serviços.

Depois, o caso foi a julgamento no plenário virtual, em que os ministros votam pelo sistema eletrônico da Corte, sem se reunirem. Na última sexta-feira, Barroso votou para manter sua decisão, sendo acompanhado pelos demais ministros. O voto de Gilmar Mendes, o sexto a favor da suspensão do piso, formando maioria, foi dado nesta quinta-feira (dia 15).

Em seu voto, Barroso disse ser importante valorizar os profissionais de saúde, mas voltou a citar os mesmos motivos que já tinha exposto na decisão do último domingo.

“No fundo, afigura-se plausível o argumento de que o Legislativo aprovou o projeto e o Executivo o sancionou sem cuidarem das providências que viabilizariam a sua execução, como, por exemplo, o aumento da tabela de reembolso do SUS à rede conveniada. Nessa hipótese, teriam querido ter o bônus da benesse sem o ônus do aumento das próprias despesas, terceirizando a conta”, diz trecho da decisão de domingo e do voto desta sexta.

Extra

 

Mercadinho Deus Proverá
SuperMercado_Cavalcante_Movel
SuperMercado-Cavalcante
HSHOT_500
MiniprecoFixo
Copiadora-Miranda_Banner_B
Ediuny_Oliveira_Live
Radio_Box_Fixo
Drogaria Betesta
RadiosNet_Fixo
Pizzaria_Hamburgueria_AguasMare
Radios_Online_Fixo
DN_Servicos_Fixo_2
JM-VARIEDADES
App
Anuncie Aqui
Banner 87
Eduardo-Auto-Pecas
MercadinhoDeusProvera
Guedes-Motos
CX_Radios_Fixo
OpticaEmporio
Cartão