Guamare News

Juridico: Procurador acusado de agredir colega está preso em SAMPA

Foto divulgação\reprodução\redes sociais\FolhaJus – Momento no qual o Procurador Demetrius de Oliveira de Macedo é preso na manhã desta quinta-feira (23), em uma clínica em Itapecerica da Serra.

O procurador Demétrius Oliveira de Macedo, acusado de agredir fisicamente sua chefe na última segunda feira, foi preso na manhã desta quinta-feira em uma clínica em Itapecerica da Serra, na região metropolitana de São Paulo. O pedido de prisão preventiva foi decretado no fim da tarde dessa quarta-feira. De acordo com a Polícia Civil, Demétrius se encontrava foragido.

De acordo com a vítima, a procuradora do município de Registro Gabriela Monteiro de Barros, antes da agressão, Demetrius Oliveira de Macedo já apresentava comportamento grosseiro com outras colegas de trabalho e por isso um processo administrativo tinha sido aberto pela procuradora.

A agressão ocorreu na segunda-feira, de acordo com as imagens disponíveis nas redes o procurador agride com socos e chutes Gabriela, mesmo com ela caída no chão. No mesmo dia, ele foi encaminhado à Primeira Delegacia de Polícia de Registro e foi feito um boletim de ocorrência. Mas, ele não foi detido, sob alegação do delegado de plantão de que não havia flagrante.

Leia também: Vídeo: Procuradora é brutalmente agredida por colega após abertura de processo disciplinar contra o agressor

Mas na noite desta quarta-feira, a polícia civil solicitou a prisão preventiva de Demétrius, que foi autorizada pelo juiz Raphael Ernane Neves, da primeira vara criminal de Registro.

A prefeitura de Registro determinou também, no dia 21, a suspensão dele por 30 dias com perda de salário. Os advogados de defesa de Demetrius Macedo ainda não foram localizados pela reportagem.

Nas redes sociais, o governador de São Paulo, Rodrigo Garcia, afirmou que espera que a Justiça faça a parte dela. E pediu também que as pessoas denunciem agressões contra as mulheres.

EBC

Comente!!! Participe de nosso blog!!!