Guamare News

F1: Boy de 18 anos vence em estreia na RBR e faz história. Hamilton e Nico batem

Podium_Vesr

Aos 18 anos, Max Verstappen vence GP da Espanha e faz história na Fórmula 1 (Foto: AP)

A história do GP da Espanha, 5ª etapa da temporada 2016, mudou logo nas primeiras curvas, quando os companheiros de Mercedes, Lewis Hamilton e Nico Rosberg, bateram brigando pela primeira posição e abandonaram. Sessenta e seis voltas depois, mudava também a história da Fórmula 1. Sem as Flechas de Prata na prova, a disputa pela vitória ficou entre os pilotos da RBR e da Ferrari. E superando qualquer expectativa, quem recebeu a bandeira quadriculada em primeiro foi o mais jovem deles, Max Verstappen. De 18 anos. Em sua estreia na RBR. O mais jovem de todos que já venceram na categoria máxima do automobilismo mundial, batendo o recorde de Sebastian Vettel (GP da Itália de 2008, aos 21 anos).

Apontando como futuro campeão mundial, o prodígio holandês nascido na Bélgica precisou de apenas uma corrida para mostrar que a surpreendente atitude da equipe austríaca em colocá-lo no lugar do russo Daniil Kvyat, 10º colocado em seu retorno para a STR, não foi precipitada. De quebra, Verstappen estabeleceu outros recordes de precocidade: agora é o mais jovem a liderar uma corrida e a subir ao pódio. Além disso, tornou-se também o primeiro holandês a vencer na categoria. Em sua 27ª participação na F1 passou o pai Jos Verstappen, que anotou dois pódios em 107 provas, mas nunca venceu. Após cruzar a linha de chegada, Max foi ovacionado pelas arquibancadas e reverenciado pelos fiscais de pista, que quase ajoelharam na pista reconhecendo o feito do piloto. Eram apenas as primeiras saudações para um nome que tem tudo para escrever um futuro de glórias na Fórmula 1.

Acid_Hamilton

Lewis Hamilton e Nico Rosberg bateram na primeira volta (Foto: Reprodução)

É um sentimento muito especial. Claro que eu não esperava vencer. Após a dupla da Mercedes bater, eu mirava um pódio. Mas no fim, terminar no topo é incrível. Ouvir o hino nacional da Holanda pela primeira vez na F1 me faz pensar no meu pai. Ouvi dizer que ele chorou. Ele investiu muito em mim e essa conquista é graças a ele – disse Max.

Quem assistiu à corrida, seja em casa ou no Circuito de Barcelona, presenciou algo épico, sem precedentes. Verstappen largou em quarto, atrás da dupla da Mercedes e do companheiro Daniel Ricciardo. Na primeira volta, com a batida de Hamilton e Rosberg, subiu para segundo, atrás do australiano. O pulo do gato para a vitória veio na estratégia e no talento do jovem piloto que soube administrar a pressão. O holandês permaneceu mais tempo na pista antes do segundo pit stop e assumiu a liderança quando Ricciardo partiu para três paradas. Como um veterano, Max conseguiu levar seu último jogo de pneus até o fim, por 32 voltas. Isso tudo segurando nos instantes finais a pressão do experiente Kimi Raikkonen, de 36 anos, o dobro de sua idade, e que correu contra seu pai Jos. O finlandês cruzou em 2º, a menos de 1s do jovem holandês. Vettel completou o pódio, não sem antes ser ameaçado por Ricciardo, que tentou ultrapassar o tetracampeão de todas as formas, antes de furar um pneu, ter que parar mais uma vez nos boxes e terminar em quarto. Globo Esporte.

PublicidadeRadan_Movel

Comente!!! Participe de nosso blog!!!