Guamare News

Ex-diretor de presídio compra com cartão de crédito de preso de Alcaçuz.

Ex-diretor do pavilhão 5 do presídio Estadual de Alcaçuz, em Natal, Rio Grande do Norte, usou o cartão de crédito de um preso para comprar uma bomba d’água quando ainda dirigia a unidade prisional. Segundo o Portal G1, ele teria esquecido a carteira em casa, argumento da defesa do agente penitenciário Alexandre Medeiros de Assis, ex-diretor da unidade denunciado pelo Ministério Público estadual junto com Aldaberto Luiz Avelino, que também administrou o pavilhão 5 de Alcaçuz, pelo crime de corrupção passiva. O ex-diretor também é acusado de ter pedido R$ 50 mil para conseguir a progressão de pena do preso para o regime domiciliar.

“O diretor iria comprar com o dinheiro dele o que deveria ser pago pelo Estado, mas esqueceu a carteira. O preso então falou ao agente que poderia usar o cartão de crédito. Então foram todos na casa de um familiar do detento para pegar o cartão”, disse ao portal G1 o advogado Paulo César Costa, que defende o ex-diretor da penitenciária.

Publicidade

Comente!!! Participe de nosso blog!!!