Estatísticas: Brasil cai para 87º em ranking de desenvolvimento humano da ONU

No documento, o Brasil aparece com um IDH (Índice de Desenvolvimento Humano) de 0,754, entre 191 países, registrando uma queda de três posições em relação a 2020\Imagem: Beto Macário/UOL

O PNUD (Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento) divulgou nesta 5ª feira (8.set.2022) um relatório que lista o IDH (índice de desenvolvimento humano) dos países. O Brasil teve a sua 2ª queda consecutiva. A taxa global também registrou queda por 2 anos consecutivos, pela 1ª vez desde 1990, quando a série histórica foi iniciada.

O Brasil ocupa a 87ª posição no ranking de desenvolvimento entre 191 países, com um IDH de 0,754. Em 2020, estava na 84ª, com 0,765. Eis a íntegra do relatório em inglês (5 MB).

O relatório da ONU (Organização das Nações Unidas) cita uma série de crises sem precedentes, principalmente a pandemia de covid-19, como causa de um retrocesso de cinco anos no progresso da humanidade e potencialização global de incerteza.

O PNUD afirma que o Índice de Desenvolvimento Humano caiu de maneira consecutiva em dois anos, 2020 e 2021, pela primeira vez desde sua criação há 30 anos.

lista de Desenvolvimento Humano, enquanto Sudão do Sul, Chade e Níger aparecem nos últimos lugares.

  • Suíça
  • Noruega
  • Islândia
  • Hong Kong,
  • China
  • Austrália
  • Dinamarca
  • Suécia
  • Irlanda
  • Alemanha
  • Países Baixos

Países da América Latina no ranking da ONU.

O país que lidera o ranking na América do Sul é o Chile, com 0,855 de IDH em 42º lugar. Em seguida aparecem Argentina, em 47º (0,842); Uruguai em 58º (0,809), Peru (84º, com 0,762), Brasil (87º) e Colômbia (88º, com 0,752).

  • Chile (42º)
  • Argentina (47º)
  • Costa Rica (58º)
  • Uruguai (58º)
  • Panamá (61º)
  • República Dominicana (80º)
  • Cuba (83º)
  • Peru (84º)
  • México (86º)
  • Brasil (87º)
  • Colômbia (88º)
  • Equador (95º)
  • Paraguai (105º)
  • Bolívia (118º)
  • Venezuela (120º)
  • El Salvador (125º)
  • Nicarágua (126º)
  • Guatemala (135º)
  • Honduras (137º)
  • Haiti (163º)

Enquanto alguns países começaram a recuperação da pandemia, muitas nações na América Latina, África subsaariana, sul da Ásia e Caribe ainda não haviam se recuperado quando surgiu uma nova crise: a guerra na Ucrânia.

Com informações da AFP/Uol

Alan_Publicidade
LBV Campanhas
Pizzaria_Hamburgueria_AguasMare
Ediuny_Oliveira_Live
Anuncie Aqui
Pizzaria_Hamburgueria_AguasMare
HSHOT_500
OpticaEmporio
Cartão
Eduardo-Auto-Pecas
MercadinhoDeusProvera
Guedes-Motos
Radios_Online_Fixo
JM-VARIEDADES
MiniprecoFixo
Drogaria Betesta
Copiadora-Miranda_Banner_B
App
CX_Radios_Fixo
Radio_Box_Fixo
DN_Servicos_Fixo_2
Banner 87
RadiosNet_Fixo