Guamare News

Eleições 2020: Após mortes em Pedro Velho, Corregedor afirma que Justiça Eleitoral não irá tolerar excessos nas Eleições

Sede do TRE-RN | Foto: TRE

O Corregedor Regional Eleitoral e Desembargador Claudio Santos reuniu-se com forças de segurança e eleitorais para tratar da aplicação das leis durante atos de campanha após a morte de dois irmãos no município de Pedro Velho, no último dia 5, durante um evento eleitoral. Ele afirmou que será aplicada a dureza da lei. “A Justiça Eleitoral irá aplicar com dureza a lei e nós vamos ter eleições tranquilas no Rio Grande do Norte.

Na reunião realizada, nesta quarta-feira (7), na sede do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-RN), com os representantes da Justiça Eleitoral, Justiça comum, secretaria de segurança do estado e membros das polícias militar e civil para deliberar as ações de segurança que devem ser tomadas durante os eventos de campanha, ficou decidido que os candidatos e/ou partidos serão orientados a comunicar com antecedência a realização dos atos públicos para que possam contar com a presença de setores responsáveis pela manutenção da segurança.

O Procurador Regional Eleitoral, Ronaldo Chaves, afirmou que irá publicar uma recomendação para que os partidos políticos comuniquem às forças de segurança a realização de eventos. “Os promotores vão recomendar novamente aos partidos e candidatos para que se faça uma comunicação prévia às forças de segurança, como determina a Legislação Eleitoral, sobre a realização de eventos, como comícios, carreatas e passeatas. A partir disso, a Polícia Rodoviária Federal ou a Polícia Militar podem organizar e ordenar o trânsito e a segurança da população”, disse.

O secretário de Segurança Pública, Coronel Araújo, falou sobre a ajuda que os partidos políticos podem dar às forças de segurança e como a polícia irá reforçar as ações. “Os partidos políticos têm que cumprir a lei eleitoral e comunicar de forma prévia às forças de segurança pública, quando for realizar algum evento”, disse, acrescentando que o “reforço policial são operações antes de qualquer evento político justamente se encontrar alguém portando arma de fogo, essas pessoas serão conduzidas à delegacia”, conclui Araújo.

A juíza Deonita Antunes manifestou preocupação com atos locais de violência e disse que a reunião era um momento muito importante para garantir que o direito do cidadão seja garantido, no que diz respeito à manifestação e ao voto. Em Pedro Velho, ocorreram duas mortes durante atos de campanha, na última segunda (5), que estão sendo investigadas pela polícia.

Estiveram presentes, o Procurador Eleitoral, Ronaldo Chaves, a juíza da 11ª Zona Eleitoral, Daniela Cosmo; o secretário de Segurança Pública do Rio Grande do Norte, Coronel Araújo; o comandante da Polícia Militar, Coronel Alarico; o diretor da Polícia Civil no interior, Delegado Inácio Rodrigues e representantes da comarca de Pedro Velho, a juíza Deonita Antunes e o promotor Clayton Barreto.

Siga as nossas Redes Sociais:

📱Facebbok => 📸Instagram <=> 🎙️SoundCloud <=> 📹Youtube <=>  💻Twitter <=> 📟Aplicativo Radio Web <=> Participe de nossos grupos no WhatsApp News 2 <==> News 3 <==> News 4Ouça a programa da Radio Web Guamaré News nos principais portais da internet que retransmite a programação => 📲Portal Radios Na Net <=> 📲Portal Radio Ao Vivo 📲Portal Radios Cast <=> 📲Portal CXRadio <=> 📲Portal As Melhores Rádios 📲Portal Rádios Na Net <=> 📲Portal RadioNet <=> 📲Portal OnlineRadioBox .

Comente!!! Participe de nosso blog!!!