Economia: RN fecha outubro com a pior arrecadação de impostos em 16 meses

Foto Marcello Casal Jr\Agência Brasil – Real Moeda brasileira

A diminuição da arrecadação nos segmentos de combustíveis, telecomunicações, e energia elétrica provocou um impacto relevante nos cofres do Rio Grande do Norte no décimo mês do ano. O recolhimento do Imposto sobre Operações relativas à Circulação de Mercadorias e sobre Prestações de Serviços de Transporte Interestadual e Intermunicipal e de Comunicação (ICMS) encerrou outubro com uma marca histórica para o ano: queda nominal de 6%, em relação ao mesmo mês de 2021.

Foram arrecadados R$ 564 milhões com o tributo, responsável por compor a maior fatia das receitas próprias do Tesouro Estadual. Esse é o volume nominal mais baixo dos últimos 16 meses, e a primeira queda já registrada desde o início da série histórica.

As informações são da Secretaria Estadual de Tributação (SET-RN), que divulgou nesta quarta-feira (16), a 36ª edição do Boletim Mensal de Atividades Econômicas da Receita Estadual, alusivo ao mês de outubro.

A redução nominal, entretanto, não considera R$ 32,2 milhões, previstos para serem recolhidos em outubro e que foram antecipados no mês anterior, compondo a arrecadação de setembro.

Leia mais
DN_Service_Movel
Elias_Raio_X_Movel
Copiadora_Miranda_Movel
Anuncie Aqui
MiniprecoFixo
HSHOT_500
MercadinhoDeusProvera
Cartão
Copiadora-Miranda_Banner_B
Radio_Box_Fixo
Show da Manha
DN_Servicos_Fixo_2
RadiosNet_Fixo
Eduardo-Auto-Pecas
CX_Radios_Fixo
Ediuny_Oliveira_Live
OpticaEmporio
Radios_Online_Fixo
App
Pizzaria_Hamburgueria_AguasMare
JM Variedades_Niver_1
Drogaria Betesta
JM-VARIEDADES
Guedes-Motos
Banner 87