Economia: Conselho do RN critica suspensão do piso salarial dos enfermeiros

Foto: Rafaela Felicciano/Metrópoles

Entidades representativas de enfermeiros e técnicos de enfermagem do Rio Grande do Norte criticam a suspensão da lei que estabeleceu o piso salarial da categoria, determinada pelo ministro Luís Roberto Barroso do Supremo Tribunal Federal (STF), no domingo (4).

O Conselho Regional de Enfermagem do RN (Coren) e o Sindicato dos Trabalhadores em Saúde do Estado (Sindsaúde-RN) afirmam que lutarão para o cumprimento do piso, fixado em R$ 4.750 para os setores público e privado e que seria pago pela primeira vez nesta segunda-feira (5).

A diretora do Sindsaúde no RN, Érica Galvão, classificou a decisão de arbitrária e disse que a medida teve como objetivo beneficiar a iniciativa privada. “Em pleno domingo, na calada da noite, o ministro faz essa medida cautelar afirmando que precisa saber qual o impacto financeiro que estados e municípios vão ter com efetivação do piso. E hoje [segunda-feira] seria o dia da efetivação para a iniciativa privada”, afirma a sindicalista.

Tribuna do Norte

LBV Campanhas
Optica_Emporio
JM_Variedades_Movel
OpticaEmporio
Cartão
HSHOT_500
DN_Servicos_Fixo_2
Pizzaria_Hamburgueria_AguasMare
App
JM-VARIEDADES
Banner 87
RadiosNet_Fixo
CX_Radios_Fixo
MercadinhoDeusProvera
Radio_Box_Fixo
Eduardo-Auto-Pecas
Copiadora-Miranda_Banner_B
Radios_Online_Fixo
MiniprecoFixo
Anuncie Aqui
Ediuny_Oliveira_Live
Guedes-Motos
Drogaria Betesta