Debate: As considerações finais dos candidatos ao governo do RN no debate da Inter TV

Foto: Augusto César Gomes/g1

Cinco candidatos ao governo do Rio Grande do Norte participaram, nesta terça-feira (27), do último debate do primeiro turno, realizado pela Inter TV Cabugi, afiliada da TV Globo no estado. O confronto, mediado pela jornalista Emmily Virgílio.

Foram convidados os candidatos e candidatas dos partidos políticos e coligações que tenham representatividade no Congresso Nacional.

Participaram do debate: Capitão Styvenson (Podemos), Clorisa Linhares (PMB), Danniel Morais (PSOL), Fábio Dantas (Solidariedade) e Fátima Bezerra (PT).

O debate teve quatro blocos. No primeiro e no terceiro, as perguntas foram de tema livre. No segundo e quarto blocos, as perguntas foram de temas sorteados pela mediação. A ordem de quem pergunta primeiro foi estabelecida por sorteio prévio. No quarto bloco, os candidatos também fizeram as considerações finais.

Veja as considerações finais de cada candidato:

Clorisa Linhares (PMB)

“Queria agradecer aqui à TV Globo pelo debate, parabenizar, e a todos que estão nos acompanhando. Eu não estou aqui por acaso. Eu me preparei. Me preparei não só academicamente, formada em direito, contabilidade, cursando psicologia, pós-graduada em direito público, direito de família e sucessões, gestão pública, segurança pública, cidadania, psicomotricidade relacional. Mas também pela vida: professora, policial penal, contadora, auditora, além também de empreendedora. Eu gero emprego e renda aqui no estado do Rio Grande do Norte. Então Clorisa se preparou e hoje está aqui se colocando à disposição. Uma pessoa que diziam que era uma improvável. Mas está aqui, venceu. E queremos ver o nosso estado desenvolvido. Riquezas nós temos. Temos a eólica, temos a solar, nós temos um litoral vasto e diversificado. Além disso, nós temos o petróleo e gás. Temos a parte de minérios, água em abundância, terras férteis. Mas por que não desenvolve? Porque nunca teve um gestor, principalmente comprometido com o bem-estar social, que queira mudar essa realidade. Clorisa Linhares tem um compromisso com você: transformar essa sociedade. E não é porque ela quer ser boa não. É porque ela tem descendentes, tem filhos, tem netos e tem parentes. E a única forma de deixar uma sociedade melhor pra eles é através da política. E a gente precisa fazer nossa parte indo dia 2 votar 35 Clorisa governadora. E quiser conhecer melhor sobre a minha vida e sobre a candidata, e os projetos: Clorisa RN. Siga nas redes sociais. Que Deus nos abençoe e agradecer a todos vocês”.

Fátima Bezerra (PT)

“Minha primeira palavra aqui é de gratidão. Gratidão ao povo do Rio Grande do Norte pelo carinho, pelo apoio, pelo incentivo que encontrei por onde andei. Não foi fácil. Peguei um estado destruído. O estado, se fosse uma empresa, teria as suas portas fechadas. Além do mais, uma pandemia com efeitos devastadores. O presidente que ignorou a ciência, que debochou dos pacientes com Covid, que demorou a comprar vacinas. E aqui no Rio Grande do Norte nós, em respeito à ciência, lutando pela vacina, equipando os nossos hospitais, contratando mais profissionais de saúde e graças a Deus conseguimos salvar mais de 16 mil vidas. Mais uma vez todo o meu reconhecimento aos profissionais de saúde do meu estado. Agora, meu amigo, minha amiga, domingo certamente é um dos encontros mais importantes que nós vamos ter. Porque a democracia que está exatamente em debate. Volto a repetir: o Brasil não suporta mais quatro anos de Bolsonaro. E nós temos que ter clareza. Inclusive de tomarmos essa atitude já agora no sábado. As pesquisas apontam a liderança de Lula, nossa liderança com perspectiva concreta já de ganhar as eleições agora, agora no primeiro turno. Então vamos celebrar essa vitória já agora no primeiro turno pra manter o RN no rumo certo, trazer o Lula de volta e realizar o sonho de governar com Lula presidente pra gente fazer muito e muito mais pelo Rio Grande do Norte. Meu querido Rio Grande do Norte, pro dia nascer feliz no domingo é 13 pra presidente, é 13 pra governador”.

Danniel Morais (PSOL)

“Primeiro quero agradecer a você que nos acompanhou aqui no debate, que tem nos acompanhado o longo dessa trajetória. Quero dizer que o Rio Grande do Norte passa por um momento muito difícil. Não podemos negar que nossa educação passa por um momento difícil, nossa saúde precisamos mudar muita coisa. Emprego e renda somos o único programa apresentado que tem coragem de trazer um programa de transferência de renda para nosso Estado. Programa de transferência de renda que nós, quando tínhamos um mandato na Assembleia Legislativa apresentamos. Nós, através da nossa candidatura queremos dar realidade de mais de um milhão de norte-riograndenses que amanhã não sabem o que vão comer. Para isso nós precisamos mudar toda essa realidade. Muitos e muitos dos que estão aqui já tiveram a oportunidade de fazer, mas infelizmente o nosso estado continua passando por tantos problemas. Para mudar essa realidade existe opção: Daniel Morais 50 para o Governo do Estado. No plano federal será impossível mudar essa realidade do nosso estado se nós não tivermos o presidente Lula nos ajudando, mandando investimentos para o Rio Grande do Norte, garantindo melhores condições para nossa educação, garantindo recursos para saúde, garantindo recursos para a segurança pública. O Brasil e o Rio Grande do Norte não aguentam mais Bolsonaro, um negacionista, genocida. Muitas vidas foram perdidas pela falta de zelo, pela falta de cuidado desse presidente. Então dia 2 de outubro você volta 13 para presidente: Lula; e 50 Daniel Morais, governador do Rio Grande do Norte”.

Capitão Styvenson (Podemos)

“Obrigado, Emmily, obrigado a todos os candidatos que se dispuseram a vir fazer esse debate. Pedir mais uma vez uma gratidão a todos que ficaram assistindo até meia-noite e trinta. Vários candidatos falarem, expor suas ideias, até mesmo as suas diferenças ideológicas, mas a política é assim. Eu decidi fazer uma campanha eleitoral diferente das demais como foi feito em 2018 pra ter a liberdade, pra ter independência de cumprir todo o objetivo de governo. Não ter ninguém dependente, nem de governo federal, nem de governo estadual e nem mesmo de nenhum desses que possam depois vir cobrar esses apoios, é uma visão de política diferente que você agora está entendendo. Vinte por cento ou mais já entenderam o nosso recado. Pra colocar o nosso estado de volta ao eixo, ao desenvolvimento, a melhorar a educação, a saúde pública, vai precisar de muita técnica, vai precisar de muita competência, vai precisar de muita coragem, precisar de muita atitude e talvez o que os outros ofereçam com seus apoios políticos não vá cumprir porque primeiro tem que satisfazer a voracidade de quem os apoia. Está bom? Então, domingo, no dia 2, quando você estiver saindo e é uma convocação pra todos, porque o nosso estado é pra todos, todos têm que ir votar, você tem essas opções. Meu número é 19. Você pode digitar na urna, fazer antes um levantamento da minha vida, saber através das redes sociais o nosso site, acompanhar desde quando entrei na política, se me mantenho coerente. O único coerente aqui, o único que negou as características e nem procurou apoio com oposições. Obrigado”.

Fábio Dantas (Solidariedade)

“No próximo domingo nós vamos sair de casa pra escolher o próximo governador do Rio Grande do Norte. Mais da metade da população do Rio Grande do Norte não quer mais esse governo. Vocês têm a opção de escolher entre o atraso, entre a burocracia, entre o governo dos buracos, entre o governo que esqueceu a saúde pública, que foi reprovado na educação, que colocou o Rio Grande do Norte no segundo pior estado em desigualdades sociais com mais de 500 mil habitantes recebendo menos de R$ 200 ou um governo empreendedor, um governo de liberdade, um governo que vai enrolar as bandeiras partidárias e começar um novo movimento pra colocar o Rio Grande do Norte no protagonismo, pra nós não podermos mais olhar pra Paraíba ou pro Ceará com vergonha. A governadora atual nasceu na Paraíba e não aprendeu na Paraíba como se faz estradas e como se faz hospitais. Nós vamos fazer um governo novo, um governo bonito, pra frente, que vai levar a vida do povo potiguar em primeiro lugar. Eu quero governar pras cidades e pra você, que está nas suas casas. Episódios como o da Havan, sábado passado, não deve mais ocorrer. As licenças devem ser liberadas imediatamente, nós vamos fazer elas serem liberadas de forma imediata pra gerar emprego e renda, porque é só o trabalho que muda a vida do povo potiguar e nós vamos gerar mais de 500 mil empregos nos próximos quatro anos na Chapada do Apodi, no Vale do Açu e em todo o estado do Rio Grande do Norte. A Serra do Mel é um exemplo vitorioso do Rio Grande do Norte. E nós queremos fazer como São José do Seridó, uma região forte que não tem desemprego, e esse Rio Grande do Norte forte e valente é o Rio Grande do Norte de Fábio Dantas e de cada um de vocês. Nós vamos juntos pras urnas pra dizer que o segundo turno precisa se debater como não foi debatido no primeiro turno. Eu quero ser essa ponte da esperança entre o sonho e a realidade de você que está em casa pra mudar tudo isso aí. Deus criou o mundo em sete dias, nós vamos mudar o Rio Grande do Norte apertando o sete duas vezes. Pra mudar é muito fácil. Muda com a cabeça, com o coração e com a mão, porque nos torna iguais, o homem mais simples do Rio Grande do Norte”.

g1

Ediuny_Oliveira_Movel
JM_Variedades_Movel
Eduardo_Auto_Pecas_Movel
CX_Radio_Fixo
App
Copiadora-Miranda_Banner_B
Pizzaria_Hamburgueria_AguasMare
Radios_Online_Fixo
MercadinhoDeusProvera
Guedes-Motos
Show da Manha
Drogaria Betesta
Cartão
JM-VARIEDADES
Anuncie Aqui
CX_Radios_Fixo
Radio_Box_Fixo
OpticaEmporio
Banner 87
MiniprecoFixo
RadiosNet_Fixo
DN_Servicos_Fixo_2
Ediuny_Oliveira_Live
HSHOT_500
Eduardo-Auto-Pecas