Cotidiano: Gasto com animal de estimação pode superar R$ 500 por mês, quase metade do salário mínimo

Foto reprodução

Ter um pet é uma decisão que deve ser tomada com bastante cuidado, porque pode pesar mais do que se imagina no orçamento da família, e terminar com o abandono ou a devolução do animal. No ano passado, o gasto mensal médio do brasileiro com cachorro foi de R$ 408,76, enquanto os donos de gatos desembolsaram um pouco menos da metade desse valor, R$ 200,19, em média. Os cálculos foram feitos pelo IPB (Instituto Pet Brasil).

Mas, enquanto as finanças pessoais de quem tem um animal de estimação tendem a ficar um pouco mais apertadas, o crescimento do mercado pet é favorável para a economia do país. O setor teve alta de 27% no faturamento em 2021, na comparação com o ano anterior, atingindo R$ 51,7 bilhões. Para 2022, o IPB projeta um crescimento de 14%, com ganhos de 58,9 bilhões.

Quem lidera o segmento é o setor de Pet Food, responsável pela venda de alimentos industrializados para os bichinhos. Só nos primeiros três meses deste ano, ele teve faturamento de R$ 33,1 bilhões, valor que equivale a 56,3% do ganho total do mercado pet no período.

R7

CompreBem_Movel
LBV Campanhas
Almoçando comMusicas
MiniprecoFixo
MercadinhoDeusProvera
RadiosNet_Fixo
Copiadora-Miranda_Banner_B
Radios_Online_Fixo
Pizzaria_Hamburgueria_AguasMare
App
Show da Manha
Radio_Box_Fixo
Banner 87
Guedes-Motos
CX_Radios_Fixo
DN_Servicos_Fixo_2
HSHOT_500
Anuncie Aqui
Drogaria Betesta
Ediuny_Oliveira_Live
CX_Radio_Fixo
JM-VARIEDADES
OpticaEmporio
Cartão
Eduardo-Auto-Pecas