Costa Branca: 53ª edição do Programa Justiça na Escola é realizado em Guamaré

Foto ASSECOM

Uma parceria entre o Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte (TJRN) e a Prefeitura Municipal de Guamaré promoveram o encerramento da 53ª edição do programa “Justiça e Escola” no município. A ação, coordenada pela vice-presidente do TJRN, desembargadora Maria Zeneide Bezerra, faz parte do Núcleo de Ações e Programas Socioambientais do Poder Judiciário do RN (NAPS) e tem por objetivo conscientizar pais, alunos, professores e comunidade em geral sobre seus direitos e deveres, demonstrando a forma de exercê-los, por meio da abordagem de questões relativas à ética e à cidadania.

O evento contou com a presença, do prefeito Arthur Teixeira, de representantes de secretárias municipais e da diretoria de escolas municipais, bem como dos formadores do NAPS e dos educadores capacitados pelo programa.

Para a desembargadora Zeneide Bezerra, o Judiciário hoje é um Poder aberto, por meio do viés social. Trata-se de um Tribunal cidadão. “Só vamos pra frente quando investimos pesado na educação. E vimos uma receptividade, para isso, aqui em Guamaré”, ressalta a desembargadora Maria Zeneide, ao destacar a possibilidade de retorno ao município, diante do quantitativo de estudantes.
O programa conta com mais de 5 mil alunos e, nesta edição, foram capacitados mais de 120 professores.

O programa é desenvolvido desde 2007 e utiliza a metodologia americana “O caráter conta”,  que põe em referência os chamados “pilares” da responsabilidade, respeito, senso de justiça, sinceridade, zelo e cidadania, na meta de desenvolver uma cultura de paz, dentro e fora da comunidade escolar. Ao todo, foram mais de 500 mil estudantes, os quais retransmitem os valores às famílias e comunidade, bem como mais de 15 mil professores, que se tornam multiplicadores da iniciativa.

“O programa é feito de acordo com as especificações de cada município, com técnicas próprias, para disseminar a formação ética de educadores e multiplicar essas ideias entre os alunos”, explica o juiz José Undario Andrade, coordenador executivo do “Justiça e Escola”, ao ressaltar que esta iniciativa é realizada em 32 municípios. “Eles (os professores) são a razão de acreditarmos em um país melhor”, enfatiza Undário Andrade.

Para o prefeito Arthur, o programa é uma espécie de resumo do que alunos e comunidade fora da escola precisam apreender. “Todos formam o caráter do aluno. Mas o professor, ao meu ver, é um dos mais importantes nesse processo”.

Fonte: tjrn.jus.br

Elias_Raio_X_Movel
Drogaria_Betesda_Movel
CX_Radio_Movel
Ediuny_Oliveira_Live
Anuncie Aqui
Eduardo-Auto-Pecas
CX_Radio_Fixo
Radio_Box_Fixo
Banner 87
Copiadora-Miranda_Banner_B
HSHOT_500
DN_Servicos_Fixo_2
MiniprecoFixo
Pizzaria_Hamburgueria_AguasMare
Cartão
MercadinhoDeusProvera
OpticaEmporio
JM-VARIEDADES
CX_Radios_Fixo
RadiosNet_Fixo
Radios_Online_Fixo
Drogaria Betesta
Guedes-Motos
Show da Manha
App