Copa do Mundo: Argentina perde invencibilidade de 36 jogos após fiasco histórico

Getty Images

Uma das favoritas ao título da Copa do Mundo, a Argentina levou uma virada da Arábia Saudita e perdeu por 2 x 1 nesta terça (22), na abertura do Grupo C do Mundial do Qatar. Depois de fazer 1 x 0, aos 10 minutos, com um gol de pênalti de Messi, a Argentina fez um bom primeiro tempo, teve dois gols anulados por impedimento, e chance de ir para o intervalo com uma boa vantagem.

Segundo as estatísticas do SofaScore, na primeira etapa, a Argentina deu cinco finalizações contra nenhuma da Arábia, e teve 63% de posse de bola. Mas os sete impedimentos, número recorde em um único tempo na história das Copas, pesaram para o placar magro.

No segundo tempo, a Arábia começou o jogo num ritmo alucinante. Logo aos três minutos, Saleh Al-Shehri empatou o jogo numa bobeada no sistema defensivo da Argentina. Cinco minutos depois, aos 8, o camisa 10 e craque da Arábia, Salem Al-Dawsari, virou o jogo com um golaço, driblando dois zagueiros e metendo a bola no ângulo de Emiliano Martínez.

Após a virada, em apenas oito minutos, o nervosismo passou a tomar conta do time de Lionel Scaloni. Apesar de ter ainda mais posse de bola no segundo tempo (75% x 25%), a Argentina perdeu chances (10 finalizações) e parou no goleiro Mohammed Al-Owais (cinco defesas). A Arábia melhorou também na marcação e conseguiu segurar o histórico resultado.

Número 49 do ranking da Fifa, a Arábia Saudita bateu a Argentina (número 3), pela primeira vez na história após cinco confrontos. Em Copas do Mundo, essa foi a primeira vitória da Arábia em um jogo de estreia. Já a Argentina perdeu pela primeira vez numa estreia após 32 anos — a última vez havia sido na Copa de 1990, quando perdeu para Camarões por 1 x 0. Desde então, foram seis vitórias e um empate. A derrota argentina foi também a primeira para uma seleção asiática em Copas do Mundo.

Com o resultado, a Argentina aumenta seu desempenho ruim nos últimos jogos de Copas. Nas últimas sete partidas, a seleção argentina tem apenas uma vitória, dois empates e quatro derrotas, com sete gols marcados e 12 gols sofridos. Além disso, perdeu sua longa invencibilidade de 36 jogos — que durava desde a derrota para o Brasil na semifinal da Copa América de 2019, no dia 2 de julho. Se não perdesse, a Argentina igualaria o recorde da seleção italiana, de 37 jogos, entre 2018 e 2021.

Uol Esportes

JM_Variedades_Movel
WebRadio_Site_Movel
LBV Campanhas
Guedes-Motos
Copiadora-Miranda_Banner_B
JM-VARIEDADES
Pizzaria_Hamburgueria_AguasMare
Cartão
Drogaria Betesta
CX_Radio_Fixo
DN_Servicos_Fixo_2
App
CX_Radios_Fixo
Ediuny_Oliveira_Live
Show da Manha
Eduardo-Auto-Pecas
MiniprecoFixo
HSHOT_500
Anuncie Aqui
Radio_Box_Fixo
Radios_Online_Fixo
OpticaEmporio
MercadinhoDeusProvera
RadiosNet_Fixo
Banner 87