Camisa da Seleção: CBF realiza campanha para despolitizar camisa da seleção

Foto reprodução

A CBF (Confederação Brasileira de Futebol) já tinha tudo pronto. Assim que acabasse a eleição presidencial, a entidade iniciaria uma campanha imaginada pelo presidente Ednaldo Rodrigues desde março deste ano, quando foi eleito: despolitizar a camisa da seleção.

A versão oficial é que, às vésperas da Copa do Mundo, a confederação quer “celebrar a paixão” do povo brasileiro pela seleção. Mas a ideia de tentar afastar a camisa amarela da polarização política no país não é nova.

“Nossa mensagem é de incentivo. O futebol não vive sem o torcedor. E conectar as pessoas de todas as idades, lugares, cores, raças, ideologias e religiões ao futebol é o nosso propósito”, disse Rodrigues.

Desde 2015, quando começaram os protestos contra o governo da presidente Dilma Rousseff (PT), a camisa da seleção passou a ser usada como símbolo da direita. Também é utilizada pelos partidários de Jair Bolsonaro (PL), derrotado nas eleições presidenciais no final do mês passado pelo petista Luiz Inácio Lula da Silva.

Leia mais
AnuncieAqui_Movel
Ediuny_Oliveira_Movel
Copiadora_Miranda_Movel
Radios_Online_Fixo
MercadinhoDeusProvera
MiniprecoFixo
Eduardo-Auto-Pecas
Pizzaria_Hamburgueria_AguasMare
Radio_Box_Fixo
Guedes-Motos
JM-VARIEDADES
CX_Radios_Fixo
Drogaria Betesta
Copiadora-Miranda_Banner_B
OpticaEmporio
Show da Manha
RadiosNet_Fixo
Cartão
Anuncie Aqui
Ediuny_Oliveira_Live
App
HSHOT_500
CX_Radio_Fixo
DN_Servicos_Fixo_2
Banner 87