Brasil: Geral Pilotos de avião e comissários entram em greve nesta segunda

Foto Minfra – Aeroporto Internacional Aluizio Alves – Natal (RN)

Está mantida a greve dos trabalhadores do setor aeroviário do país, depois de recusarem a proposta feita pelo Tribunal Superior do Trabalho, que havia sido aceita pelas empresas de aviação. Em votação virtual encerrada neste domingo (18), 70% da categoria disse não à proposta da justiça, que busca mediar o impasse entre trabalhadores e empresários do setor.

Com a decisão dos aeroviários, fica mantida a greve dos pilotos e comissários, que vai durar duas horas por dia, por tempo indeterminado, nos principais aeroportos do país.

A partir desta segunda-feira (19), os trabalhadores da aviação cruzam os braços, diariamente entre seis e oito horas da manhã, nos terminais de aviação de São Paulo, Rio de Janeiro, Campinas, Porto Alegre, Brasília, Belo Horizonte e Fortaleza.

O presidente do Sindicato Nacional dos Aeronautas, Henrique Hacklaender, orientou a categoria que, mesmo de braços cruzados, compareça aos aeroportos como forma de somar na reivindicação.

Henrique Hacklaender explicou que, apesar de repor a inflação, a proposta do TST não atende os pontos que dizem respeito aos direitos dos trabalhadores.

Apresentada no último sábado, a proposta do TST concedia a renovação da Convenção Coletiva de Trabalho da aviação regular, além de outras medidas: reajuste da inflação medida pelo INPC, mais meio por cento de aumento acima da inflação, nos salários e nas diárias nacionais e nos seguros. Também multa por descumprimento do acordo de trabalho, vale-alimentação, entre outras propostas.

A decisão da greve de pilotos e comissários foi tomada, em assembleia na última quinta-feira, por não conseguirem renovação no acordo trabalhistas com as empresas de aviação e nem recomposição salarial, além de direitos trabalhistas.

Em nota, o Sindicato Nacional das Empresas Aeroviárias, havia informado que “as negociações com a categoria foram iniciadas em outubro” e que buscou “garantir os direitos dos colaboradores e a continuidade da prestação dos serviços essenciais de transporte aéreo para a população enquanto durarem as negociações”.

De acordo com o Sindicato dos Aeroviários, o intervalo de duas horas para a paralisação foi definido em “respeito à sociedade e aos usuários do sistema de transporte aéreo”. Além disso, os voos “com órgãos para transplante, enfermos a bordo, e vacinas, não serão paralisados”.

EBC

JM_Variedades_Movel
AlphaColor_Lateral
Drogaria_Betesda_Movel
HSHOT_500
Eduardo-Auto-Pecas
Pagode & Cia_Lateral
Cartão
Drogaria Betesta
Show da Manha
RadiosNet_Fixo
MiniprecoFixo
AlphaColor_Lateral
Almoçando com Musicas
App
Ediuny_Oliveira_Live
JM-VARIEDADES
Anuncie Aqui
MercadinhoDeusProvera
DN_Servicos_Fixo_2
Pizzaria_Hamburgueria_AguasMare
Copiadora-Miranda_Banner_B
Casa Durval Paiva_Fixo
Radio_Box_Fixo
Guedes-Motos
CX_Radios_Fixo
OpticaEmporio
Radios_Online_Fixo