Guamare News

Ponto de Vista: Minha homenagem ao Dia das Mães

Foto de Acervo – Professora aposentada Francisca Freire de Miranda genitora do comunicador José de Arimateia.

Por José de Arimateia

Neste domingo (12) foi um dia no qual prestigiamos essa figura tão importante em nossas vidas, as nossas mães, temos algo importante em nosso viver, o seu amor, a sua dedicação, o seu cuidado e o seu carinho, tudo devemos a ela, e sem ela nada seremos do que somos.

O amor de mãe é inconfundível, é algo sublime, uma força que vem do alto, que supera as todas as dificuldades, não tem medida esta força, este amor não tem fim, este cuidado é constante, sua torre de vigília esta atenta em todas as horas.

Por mais que buscamos palavras para externa o nosso sentimento, não conseguimos superar a este gesto de amor e carinho que nos cerca.

Pois esse grande amor procede de Deus, de ti nos vem o desejo de irmos ao encontro desta pessoa que foi a causa da nossa existência, a razão do nosso viver, François Arnold Editora Vozes¨ por isto Deus criou as mães.

Hoje apenas te vejo os cabelos se embranquecendo, e em seu rosto, os sinais de um tempo, pelo o qual, quando as forças da juventude, me defendias, foi você, que me ensinou os primeiros passos, as primeiras letras, e a fé em Deus, foi você que acalentava para dormir, e em teus seios me amamentavam e nos  teus braços me  sentia  seguro.

Hoje eu vejo que o com passar do tempo descobrir que os filhos são como pássaros, nascem crescem e depois voam assim me viste sair, mesmo assim ainda estendesse tuas mãos para me abençoar, por que a sina das mães é criar amar e depois ver os filhos partir.

Assim partir, em busca das minhas aventuras, fui viver a minha vida, só depois de vencidos da última tentativa, volta a ti ver na antiga sala, onde um dia te deixei sem fala, dizendo a Deus e depois partir, mais de repente algo estranho acontece neste cenário, alguém se move em sua cadeira, e seu olhar se volta par mim, e um brilho ilumina o seu rosto, e uma vós fraca diz, o meu  filho voltou,  e  se ergue de sua cadeira, e me envolve em seus braços e levanta as mãos para o céus diz, as minha orações foram ouvidas por Deus, pelo o qual me trouxe de volta este filho, que  estava perdido e foi achado, e agora volta ao abrigo de onde  saiu, e com lagrimas, e sorriso, me beija e abraça como se fosse uma criança em busca de afeto, ou último arrenegado das suas  aventuras, não lhe importou se nada lhe trouxe, pois nada queria, pois tudo o que esta figura queria estava em suas mãos, o seu  filho, o seu maior presente, a resposta de orações, a recompensa pela muitas horas de vigília em orações em meu favor.

Portanto, com este pequeno poema, deixo aqui a minha a homenagem as todas as mães, pobres ou ricas, brancas ou negras, porem para Deus, a todas as mulheres, ele urtigou esta dádiva de ser mãe.

Feliz dia das mães.

Siga as nossas redes sociais=> Fan Page<= / =>Fan groups<= / =>Twitter<= / =>Blog Instagram<= / =>Web Radio Instagram<= / =>Web Radio<= =>SoundCloud <==>Nosso canal do Youtube <==> Participe de nossos grupos no WhatsApp News 2 <==> News 3 <==> News 4, baixe o aplicativo da Web Radio na Play Store versão I – II, ou ouça nossa radio nos principais portais da internet que retransmite a programação Web Radio Guamaré NewsRadiosNetRadiosCastCXRadioAs Melhores RadiosShow Radios.

Comente!!! Participe de nosso blog!!!