Granja do Torto, que será convertida em comitê reeleitoral de Dilma neste sábado
As
cúpulas do PT e do PMDB se reúnem em Brasília neste sábado para discutir as
crises que separam as duas legendas em vários Estados. Recostarão os cotovelos
sobre a mesa quatro representantes de cada legenda. Pelo PT: Lula, Dilma
Rousseff, Rui Falcão e Aloizio Mercadante. Pelo PMDB: Michel Temer, Henrique
Eduardo Alves, Renan Calheiros e Valdir Raupp.
Embora a coreografia interesse apenas ao comitê
reeleitoral de Dilma, o palco será financiado pelo contribuinte. Marcado para
as 10h, o encontro ocorrerá na Granja do Torto, residência de campo da
Presidência da República. Há litígios em pelo menos 11 Estados: Rio, Minas, Rio
Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, Mato Grosso do Sul, Ceará, Paraíba,
Maranhão, Pernambuco e Bahia.
Em Estados como Pernambuco e Bahia, não há o que fazer.
São praças em que o PMDB do baiano Geddel Vieira Lima e do pernambucano Jarbas
Vasconcelos tem ojeriza do PT. Há casos como o do Rio, em que o PT de Lindbergh
Farias disputa o governo contra o PMDB de Luiz Fernando Pezão, o nome de Sérgio
Cabral. Com boa vontade, fixam-se regras de convivência. Com nariz torcido, nem
isso.
Há também, supremo dissenso, Estados em que o PT e o PMDB
cogitam ir às urnas de 2014 coligados com o PSDB, não um com o outro. Candidato
do PT ao governo do Mato Grosso do Sul, Delcídio Amaral negocia com o tucanato
a vaga de vice ou a de senador. No Paraná, a ala majoritária do PMDB move-se
para escantear Roberto Requião e emplacar Osmar Serraglio como vice do
governador tucano Beto Richa, candidato à reeleição.
Há ainda peculiaridades como a do Maranhão e a do Ceará.
Num Estado, um pedaço do PT resiste em manter a rendição ao grupo de José
Sarney e flerta com Flávio Dino, do PCdoB. Noutro, após migrar do PSB de
Eduardo Campos para o neogovernista Pros, os irmãos Cid e Ciro Gomes
reivindicam a adesão do PT ao seu projeto estadual. Candidato do PMDB
sucessão de Cid, Eunício Oliveira faz cara feia e passa a ambicionar o tempo de
TV do PSDB.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here